Feira de Páscoa não poderá ser como as anteriores, mas artesãos comercializarão seus produtos online. Foto: arquivo Jornal Ibiá

Muita coisa mudou desde a chegada da pandemia e infelizmente esse ano ainda não será possível realizar a típica Feira de Páscoa na Praça Rui Barbosa. Jaime Buttenbender, diretor de turismo de Montenegro, explica que o setor, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) e a Emater, teve uma iniciativa para não deixar a Páscoa passar em branco e nem os artesãos, que sempre expõem seus produtos na Feira, na mão: a feira totalmente online, através das redes sociais. Jaime lamenta não poder fazer mais na data, mas afirma que a ideia é o que a pandemia permitiu no momento.

Foi por toda essa situação, que Jaime criou uma página no Facebook, (https://www.facebook.com/feiraonlinedepascoa) onde os artesãos poderão divulgar todos produtos que têm à venda. “Eles me mandam o material, as fotos, eu faço uma edição rápida e posto as imagens dos produtos na página, claro, com o perfil dos artesãos. Assim, os interessados entram em contato direto com eles para compra”, explica. Jaime afirma que a página online é como um local de visitação, como uma feira virtual mesmo. A página, segundo o diretor, não deve mais sair de circulação. “Os artesãos mesmo deram a ideia de manter durante o ano todo, como uma forma de ajuda nesse momento difícil”, ressalta.

Os interessados em divulgar seus produtos na feira podem entrar em contato através do email [email protected] ou, ainda, através do número 51 98455-9654, com o próprio Jaime. Vale o lembrete: Apenas quem tiver carteira de artesão poderá solicitar a publicação de seus produtos na página.

Deixe seu comentário