Monólogo encerrou Mês do Idoso no Terezinha Petry Cardona

Cultura. Ator Luciano Mallmann trouxe na peça “Ícaro” depoimentos ficcionais de pessoas cadeirantes ao público de aproximadamente 50 pessoas

Na tarde da última terça-feira, 15h, a peça monólogo “Ícaro”, apresentada no Teatro Therezinha Petry Cardona encerrou a programação do Mês do Idoso em Montenegro.

Com um público de aproximadamente 50 pessoas, a maioria integrante do Sesc Maturidade Ativa, o espetáculo trouxe depoimentos ficcionais de pessoas cadeirantes, a partir das perspectivas do ator Luciano Mallmann, que sofreu uma lesão medular em um acidente.

A promoção foi do Sesc em parceria com a Prefeitura de Montenegro e com o Conselho Municipal do Idoso. Para Bruno Negruni, presidente da Associação e Aposentados e Pensionistas de Montenegro (Apopesmont), que esteve prestigiando o evento, esse foi um momento de integração.

“Essas atrações culturais despertam o cérebro do idoso. E em Montenegro poderia, e cabe, ter mais eventos para esse público, fugindo um pouco de somente o baile da terceira idade”, destaca.

Eunice do Amaral Mello, 76 anos, do Maturidade Ativa, afirma que sempre participa das atividades programadas pelo Sesc. Ela relata que em diversos momentos se emocionou com os relatos do monólogo.

Também Sildeni Wandscheer, 76 anos e Luis Gabriel, 62 anos se comoveram com a peça. “Eu me coloco no lugar de uma mãe, em ver o filho passar por tudo isso”, destaca Sildeni.

“Foi uma peça muito bonita, emocionante, dramática. A interpretação foi muito interessante”, complementa Luis.

Deixe seu comentário