Há mais de um século, so muitos os tradicionalistas que recorrem à loja em busca dos tecidos para confecionar as bombachas e os vestidos de prenda

Semana Farroupilha de Montenegro lembra os 100 anos da empresa montenegrina

Além do tradicionalista Ubirajara Pires – destaque na edição da última quinta-feira do Ibiá – a Semana Farroupilha de Montenegro tem uma segunda homenageada neste ano. Essa, uma empresa com mais de um século de história e também muito ligada ao movimento gaúcho da região: a Loja Stoffel.
“Nós sempre tivemos uma proximidade com o movimento tradicionalista, desde o início. E, agora, coroando essa história, nos sentimos muito lisonjeados por estarmos sendo homenageados por esse pessoal que toca em frente o tradicionalismo de Montenegro”, destaca o proprietário da empresa, José Lotario.

A homenagem é um reconhecimento pelos 100 anos da loja, completados no fim do ano passado. A Stoffel foi inaugurada em 1918 pelo empreendedor Adolpho Schüller na, hoje, rua Ernesto Zietlow (então, Estrada Pinheiros). Começou como um armazém de secos e molhados e acabou se especializando no ramo de tecidos, como é até hoje. Sem sair da família, José Lotario é a quarta geração à frente do empreendimento.

“Da minha participação dentro da empresa da família, desde que eu me lembre, sempre teve muita bombacha e vestido de prenda que foi vendido e planejado dentro da loja”, recorda.

Com sede mais central, na Ramiro Barcelos desde 2012, a Stoffel é referência a muitos tradicionalistas. Nessa época do ano, sempre se prepara para os festejos, reforçando o estoque com tecidos nas cores do Rio Grande. “Também estamos confeccionando saias, fazendo lenços gaúchos”, completa José Lotario. E para melhorar, descontos especiais estão sendo oferecidos aos DTG’s e CTG’s da região. “Muito do gaúcho é o traje; e o traje é a nossa área”, pontua.

A expectativa, agora, é por mais um 20 de setembro. Este, com um toque mais especial. “Ficamos muito satisfeitos com a lembrança. E não só eu, mas toda a equipe da loja, porque muitos têm envolvimento com o Movimento Tradicionalista”, salienta o empresário.

Deixe seu comentário