No dia 02 de março de 1996 o Brasil chorou com a morte de cinco jovens, entre 22 e 28 anos, integrantes da banda Mamonas Assassinas. O grupo faleceu em uma queda de avião Serra da Cantareira quando, por volta das 23h15min. Além dos Mamonas, morreram naquele acidente os dois tripulantes, um segurança e um assistente de palco.

Alecsander Alves (Dinho), de 24 anos, vocalista e líder da banda; Alberto Hinoto (Bento), de 26, guitarrista; Júlio Cesar Barbosa (Júlio Rasec), de 28, tecladista; e os irmãos Samuel e Sérgio Reis de Oliveira (Samuel e Sérgio Reoli), de 22 e 26, respectivamente baixista e baterista, voltavam de um show em Brasília, o último de uma exaustiva turnê pelo país.

Em menos de um anos de existência, a banda vendeu mais de 1,2 milhão de discos em todo o País. Relembre os sucessos da banda no vídeo acima.

Deixe seu comentário