O grupo realizará sua primeira apresentação fora do Estado, no Paraná. Foto: reprodução internet

O Coletivo Órbita foi um dos dez grupos teatrais selecionados entre os 200 participantes de todo o território brasileiro para o Festival de Teatro Infantil (Festin) de Cascavel, no Paraná, com a peça “Macbeth e o Reino Sombrio”. Apesar de realizar diversas apresentações em solo gaúcho, é a primeira vez que o grupo fará uma apresentação em outro estado, nos dias 11 e 12 de setembro.

O grupo é composto por atores formados e formandos da Universidade Estadual do Rio Grande do sul (UERGS), e advindos não apenas do Estado, mas de Montenegro, sendo Rodrigo Waschburger, 21, Camila Pasa, 27 e João Pedro Decarli, 30.

O coletivo traz adaptações do texto de Shakespeare para a obra criada. No enredo, os generais de guerra Macbeth e Banquo voltam triunfantes de uma batalha contra a Noruega. No caminho de volta, uma bruxa detalha algumas previsões aos presentes. Após isso, a ambição de Macbeth diante das profecias o leva a cometer gestos de traição contra um de seus companheiros, gerando vários conflitos. A história é contada por meio de um jogo de luzes e sombras, com técnicas de contação de histórias, artes circenses e teatro.

O ator, diretor e professor João Pedro Decarli conta que busca resgatar a criança que existe dentro dos adultos. “Buscamos essa dramaturgia por acreditar que ganância, ambição, traição e morte são temas que tocam todos. Vemos o teatro como forma de transformar as pessoas e o mundo”, pontua.
Decarli comenta, ainda, sobre a realização de o grupo ter sido selecionado para o festival fora do Estado. “Para nós é muito gratificante. Já tivemos a possibilidade de participar de um festival Estadual, o Palco Giratório, mas esse era no RS. Participar de um festival e ser selecionado dentro de um grupo tão vasto nos dá a sensação de que estamos no caminho certo”, sublinha.

Deixe seu comentário