Florêncio Castilhos lança seu primeiro livro

OBRA é amparada na experiência de vida de Florêncio Castilhos da Silva

Com 71 anos, o autor Florêncio Castilhos da Silva lança seu primeiro livro “Brasil: um transatlântico à deriva?”, com pré-venda que segue até o dia 16 de junho. Em sua obra, ele convida o leitor para refletir sobre questões importantes como a corrupção na política, importância da natureza, futuro das crianças e adolescentes e também a interferência da tecnologia no dia a dia. Com uma linguagem direta e amparado na própria experiência de vida, o autor dialoga sobre a forma como enxerga o nosso País, comparando-o com um grande transatlântico, cujos passageiros são os seres humanos com destino ainda não completamente definido.

Florêncio conta que o gosto pela leitura e escrita vem de muito cedo e que o principal objetivo com o lançamento do livro é compartilhar conhecimento. “Vários capítulos já faz um tempinho que eu escrevi. A minha vida toda foi de muito estudo, então eu resolvi passar o conhecimento que eu tenho para as pessoas. Essa foi a principal finalidade. Chega uma hora que a gente tem que partir dessa vida e eu não gostaria de ir sem deixar esse legado, esse conhecimento. A cada capítulo que a pessoa lê, na verdade vai poder refletir sobre a vida em si”, destaca.

Nascido em Porto Alegre, mas morador de Montenegro há pelo menos 20 anos, Florêncio teve pai maçom, portanto, segundo ele narra, foi criado com senso de justiça, patriotismo e liberdade. Atualmente aposentado, atua voluntariamente como radialista. Ainda, é criador do projeto “Saber nunca é demais”, onde ministra aulas de elétrica para apenados e adolescentes em situação de vulnerabilidade.
Disponível por R$ 32,90, o livro pode ser adquirido através do QR Code acima, e também de forma on-line, o E-Book, por R$ 9,90.

Deixe seu comentário