Depois de personificar as dores do mundo diante da pandemia de coronavírus quando rezou sozinho no Vaticano, durante a Páscoa, o Papa Francisco agora é a imagem da esperança. Neste domingo, pela primeira vez, ele voltou a orar de sua janela, em frente à Praça de São Pedro. O público ainda foi muito menor que o costumeiro, mas a imagem varreu o mundo como sinônimo de “renascimento”.

Compartilhar

Deixe seu comentário