Numa semana, termômetros registrando zero grau e o povo recorrendo ao chocolate quente para se aquecer. Na outra, temperaturas próximas dos 30 graus, manga curta e sorvete para refrescar. Quando dizem que os gaúchos são sobreviventes, não há exagero. Aqui, na altura do “Paralelo 30” no mapa múndi, a gangorra climática é uma tradição, ao lado do chimarrão e do churrasco. Se não gosta, nem te apresenta, vivente!

Deixe seu comentário