Foto: Roberto Bacelar/Arquivo IGP

Nessa terça-feira, 27, o incêndio das Lojas Renner, uma das maiores tragédias do RS, completou 45 anos. Em 27 de abril de 1976, por volta das 14h, cerca de 300 pessoas estavam em uma das principais lojas de departamentos de Porto Alegre à procura de roupas, utilidades domésticas e instrumentos musicais. No sétimo andar, clientes frequentavam o restaurante e outros eram atendidos na barbearia. Foi quando uma fumaça começou a ser percebida no terceiro pavimento. Em pouco tempo, chamas de até 800 ºC assombravam a loja – por fora, formava um bloco único, mas, na verdade, era um conjunto de quatro prédios que passaram por ampliações e reformas. Esse é considerado, ainda um dos dez maiores incêndios do país. Houve 41 mortes e cerca de 60 feridos.

Compartilhar

Deixe seu comentário