Caio e Ellen estão em Montenegro desde a última quarta-feira, 25

Relação com o município surgiu através de casal montenegrino

Por alguns dias, Montenegro foi o destino escolhido por dois viajantes que estão na estrada desde 2017. Nascidos na capital paulista, o tradutor Caio Lopes Veloso, 35, e a advogada Ellen Chryssa Roque de Paula, 36, decidiram passar duas semanas no município.

O casal teve a primeira experiência viajando sozinhos pelo país em 2013, quando decidiram desbravar o Sul do Brasil durante um mês a bordo de uma Kombi. “Em 2013 e 2014 a gente fez duas viagens de Kombi. Gostamos mais do que imaginávamos. Gostamos de dormir dentro do carro, fazer o próprio roteiro e de ficar quanto tempo quiséssemos em cada lugar”, afirma Caio.

Desde 2017 na estrada, casal percorreu todos os estados do Brasil, além do Uruguai, Argentina, Chile, Peru, Equador e Colômbia.

Mas foi em 2017 que a decisão de largar a suas vidas em São Paulo e viajar pelo País se tornou realidade. Ellen afirma que a decisão partiu também da percepção de que a vida do casal na cidade não iria evoluir além do que já tinham conquistado. “A gente não via sentido em ter mais do que a gente já tinha. O padrão de vida que levávamos em São Paulo inevitavelmente levaria a gente a acumular mais coisas. Então a hora que percebemos isso decidimos que precisávamos de outra coisa”, afirma Ellen.

Inicialmente a ideia do casal era passar um ano viajando pelo Brasil, mas quando completaram o período estimado os dois perceberam que não queriam voltar. “Quando a gente saiu tinha um roteiro definido de volta, mas no meio desse processo a nossa cabeça mudou e estamos até agora aí sem a intenção de voltar”, diz Caio.

Desde que partiram de São Paulo, em 2017, o casal já percorreu todos os estados do Brasil, além de terem passado pelo Uruguai, Argentina, Chile, Peru, Equador e Colômbia.

Relação com Montenegro surgiu através de Casal de viajantes da cidade
Foi durante a passagem pelo norte da Argentina que Caio e Ellen conheceram o casal montenegrino Manuela Petry e Rodrigo Arnhold, que viajavam pela América do Sul a bordo da Kombi Analuz.

“A gente conheceu a Manuela e o Rodrigo em 2019, antes da pandemia. Nos conhecemos no Norte da Argentina e convivemos por seis, sete meses viajando juntos. Fomos juntos da Argentina até o Equador em uma convivência diária, aí depois a gente se separou e ficamos presos na Colômbia em regiões diferentes durante a pandemia”, conta Ellen.

Quando foi autorizado o processo de repatriação para o Brasil, em novembro de 2020, o casal paulista se juntou novamente aos montenegrinos e voltaram juntos para o País. “A gente criou uma relação de família, então era uma questão de honra vir pra Montenegro e conhecer tudo aquilo que eles falavam. A gente tinha que dar rosto e cenário pra tudo o que eles falavam, então por isso estamos aqui hoje”, afirma Ellen.

Porto das Laranjeiras e Estação da Cultura foram os lugares preferidos dos visitantes
Desde a quarta-feira passada, 25 de agosto, em Montenegro, Ellen e Rodrigo já visitaram diversos pontos da cidade. Dois dos lugares que mais impressionaram positivamente o casal foram o Cais do Porto das Laranjeiras e a Estação da Cultura. “Eu estou adorando a cidade, estou achando ela muito agradável. A gente conheceu a chácara da família da Manu, mas mesmo o Centro eu achei super agradável. A orla do rio eu achei muito legal, a antiga estação de trem também é muito agradável, quem sabe a gente volta com as exposições culturais ativas”, afirma Caio.

O visitante conta que imaginava que a cidade fosse um pouco menor devido aos relatos da amiga montenegrina, Mauela Petry. “De tanto ela falar que morava em uma cidade pequena eu esperava que fosse menor. Não é tão pequena, mas é muito bem organiza. Então é uma cidade muito tranquila, estou adorando”, aponta.

Caio e Elen conheceram os montenegrinos Rodrigo e Manuela durante passagem pelo norte da Argentina. Foto: Arquivo Pessoal

Já Ellen afirma que seu lugar favorito em Montenegro foi a Estação da Cultura. “O clima da cidade é bem o nosso número, uma cidade tranquila e segura. Isso é bem o que a gente busca quando estamos viajando, então a gente está curtindo muito”, destaca.

A culinária local também foi outro ponto positivo destacado pelo casal. “A gente comeu tanto que eu não consigo pensar em nada ruim”, afirma Caio.

O casal está viajando na companhia dos pais de Caio, Neide Lopes Veloso e Euclides Veloso. Os planos são ficar em Montenegro até este final de semana e depois seguir por um roteiro de um mês pelo Rio Grande do Sul. “A gente quer sair daqui em direção aos cânions de Itaimbezinho e Fortaleza, uma parte do Rio Grande do Sul que a gente queria ter conhecido na primeira viajem de Kombi, em 2013, e não deu tempo”, afirma Caio.

A partir desse ponto os pais do viajante devem seguir rumo ao litoral paulista, onde moram. Já o casal seguirá para a Região das Missões e do Salto do Yucumã. “Vamos passar o mês de setembro no Rio Grande do Sul, ainda estamos pensando onde vamos passar o 20 de setembro”, afirma Ellen.

Deixe seu comentário