Lutadora de Montenegro sobe hoje ao ringue para disputar o cinturão do Mundial. Foto: Tati e Duda Fotografia

Muay Thai. Lutadora de Montenegro disputa o cinturão nesta terça-feira

Chegou o grande dia! Nesta terça-feira, a lutadora Fernanda Vodzik sobe ao ringue para representar o Brasil e disputar o cinturão do Campeonato Mundial de Muay Thai, na Tailândia. Diante de uma adversária argentina, a atleta da Academia Nitro Team, de Montenegro, busca sua maior conquista da carreira nas artes marciais. Fernanda vai lutar pela categoria Pro Am.

A grande final do Mundial também será a estreia da atleta de Montenegro na competição. Ansiosa, Fernanda lutaria nesta segunda-feira contra uma oponente espanhola, mas a rival foi desclassificada da competição. Com isso, a organização do Campeonato Mundial determinou que a atleta de 40 anos fizesse sua disputa de cinturão na Pro Am hoje, contra a “hermana” Lolla Russo.

“Será uma luta difícil. Ela (Lolla) é muito experiente, tem muitas lutas profissionais. É uma atleta muito forte e está pesando 71 kg. Eu estava na categoria até 63,5 kg e vamos lutar na categoria até 67 kg. Então, estou tentando subir de peso. Mais importante que o peso, é eu estar forte na hora da luta”, relatou Fernanda, nesta segunda-feira.

Há 10 dias na Tailândia, a lutadora do Vale do Caí conta as horas para subir no ringue e afirma que não tem conseguido dormir direito nos últimos dias. “O coração está a mil, não estou nem dormindo direito, muito ansiosa. Nem acredito que estou na final do Mundial. Na pior das hipóteses já sou prata no campeonato, mas vim para buscar mais um cinturão para minha coleção, o de campeã mundial. Vou dar meu melhor e vou voltar com ele para nossa cidade. Só penso na minha filha. Vou lutar por ela e para ela”, ressalta.

A porto-alegrense Simoni Santos, que é colega de quarto de Fernanda na Tailândia, disputou ontem a final em sua categoria e conquistou o título mundial de Muay Thai. No último final de semana, Simoni e Fernanda foram escolhidas para representar a Seleção Brasileira no tour de apresentação das delegações em Bangkok. Elas andaram de “tuk tuk”, meio de transporte mais tradicional da Tailândia.

A atleta de Montenegro se diz honrada pela oportunidade de representar a Seleção Brasileira nesse passeio. “Foi um sonho, lindo demais. É super emocionante estar representando a nossa seleção nesse tour pela cidade”, enaltece.

Deixe seu comentário