O governador José Ivo Sartori assinou nesta sexta- feira (21), a liberação de recursos do Programa Água para Todos - Universalização de Acesso à Água nas Escolas Rurais do Rio Grande do Sul Foto: Sofia Wolff/Especial Palácio Piratini

Cerca de 165 escolas rurais agora terão acesso a água potável em 71 municípios do estado, incluindo uma em Montenegro. Com um investimento de R$ 3 milhões, a iniciativa faz parte do Programa Água Para Todos – Universalização de Acesso à Água nas Escolas Rurais do Rio Grande do Sul. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (21), no Palácio Piratini.

A relação de escolas divulgada pelo portal do governo estadual inclui a Escola Municipal de Ensino Fundamental Jacob Haubert, na localidade de Sobrado, interior de Montenegro. O chefe de gabinete, André Oliveira, a secretária municipal de Educação e Cultura, Silvana Schallenberger, e a chefe de atividades auxiliares da SMEC, Tânia Iró, estiveram presentes no evento.

A medida prevê construção de cisternas com capacidade para armazenar 52 mil litros nas escolas beneficiadas. Elas serão construídas com placas de cimento e podem garantir o acesso à água por oito meses, beneficiando aproximadamente 12 mil pessoas, entre estudantes e funcionários.

Para o governador, José Ivo Sartori, a iniciativa significa importantes mudanças de vida para muitas pessoas. “O acesso à água é um direito. Apesar da crise, é fundamental seguir fazendo tudo que é possível para garantir o atendimento das necessidades básicas da população”, disse.

O ministro do Desenvolvimento Social Osmar Terra observou a importância e em oferecer água potável para os alunos. “Queremos resolver este problema e levar a qualidade de vida para toda a comunidade escolar do Rio Grande do Sul”, afirmou. “Com esta iniciativa, levamos qualidade para dentro das escolas rurais. Não vamos apenas beneficiar os municípios, mas também a vida de diversos estudantes”, destacou a secretária adjunta da Educação, Iara Wortmann.

Deixe seu comentário