Neste ano, os comércios locais poderão abrir normalmente no feriado deste sábado, dia 31. Foto: arquivo Jornal Ibiá

A data, antes feriado religioso, foi decretada ponto facultativo pelo Prefeito Kadu

Os comércios da cidade de Montenegro poderão abrir no próximo sábado, 31, dia da Reforma Protestante. O Sindicado do Comércio Varejista de Montenegro (Sindilojas), a Associação Comercial e Industrial de Montenegro (ACI) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), se uniram e enviaram uma proposta à prefeitura. A ação conjunta visava tornar ponto facultativo, os feriados religiosos, dos dias 24 de junho, em comemoração a São João Batista e 31 de outubro. O objetivo foi a preservação das empresas e a manutenção dos empregos.

O prefeito Kadu Müller aceitou a proposta e foi criada a Lei 6691, de 19 de junho de 2020, que entrou em vigor na mesma data. A lei municipal prevê que tais datas, que seriam feriados, fossem consideradas ponto facultativo na cidade de Montenegro, excepcionalmente no ano de 2020. Tal ação foi proposta para tentar minimizar o déficit empresarial e financeiro, consequente do fechamento de empresas e demissões de funcionários. Que são decorrentes das restrições ou do não funcionamento dos comércios em função da pandemia.

Vale esclarecer que o ponto facultativo é um dia comum de trabalho para o funcionário. Sendo assim os comércios poderão abrir normalmente neste sábado, conforme orientação de Márcia Sherer, gerente administrativa do Sindilojas. “No dia 24 de junho, o ponto facultativo ficou prejudicado na cidade, pelo fato de estar obedecendo à bandeira vermelha, seguindo protocolos de prevenção ao Covid-19. Portanto os comércios não abriram”, aponta Márcia. Ela declara ainda que, até o momento, nenhum comerciante se manifestou em não abrir seu estabelecimento no próximo dia 31 de outubro.

Deixe seu comentário