Agente Jair Fiorin

O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado do Rio Grande do Sul (Amapergs) prestou homenagem nessa segunda-feira, dia 28, aos catorze anos da morte de Jair Fiorin. O agente penitenciário foi morto no dia 16 de janeiro de 2005, enquanto realizava uma escolta em Montenegro, de Enivaldo Farias (Cafuringa), assaltante de banco.

O ataque ocorreu no caminho da Modulada de Montenegro (Pesqueiro). Após intensa troca de tiros com os bandidos, Fiorin foi atingido e morreu no dia 25 no Hospital. Segundo a Promotoria, Fiorin foi o único executado de forma premeditada, pois era o responsável da escolta pela arma longa, a calibre 12. Em homenagem, a Penitenciária Modulada recebeu o nome da vítima.

Deixe seu comentário