Herbon, de São José do Sul, oferecerá seus embutidos, bacon a vácuo e o disputado torresmo. Foto: Arquivo Ibiá

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag) confirmou a lista de empreendimentos aprovados para a Feira Virtual da Agricultura Familiar. Ela ocorrerá entre os dias 26 de setembro a 4 de outubro, no site da Expointer 2020 Digital, com vendas pelo WhatsApp e retirada no Parque de Exposições de Esteio pelo sistema drive thru.

O estande virtual, organizado por Fetag e Secretaria da Agricultura, Pecuária de Desenvolvimento Rural (SEAPDR), reunirá 55 empreendimentos, oferecendo panificados, geléias, cachaças, queijos e embutidos; plantas e artesanato, dentre outros. A seleção das agroindústrias que comercializarão no local foi realizada preservando a diversidade de produtos, que é característica da agricultura familiar na Expointer.

O sistema ‘compre e busque’ permitirá que os clientes adquiram os produtos de sua preferência sem sair do conforto de seu carro. Eles poderão circular em torno do Pavilhão da Agricultura Familiar e estacionar de frente para as bancas que tiverem contatado pelo aplicativo. Medidas de higiene e distanciamento serão exigidos de todos, como forma de evitar a proliferação da Covid-19

De acordo com vice-presidente da Fetag, Eugênio Zanetti, tudo está sendo pensado de forma que garanta a segurança de todos. “Era preciso criar uma alternativa para que as agroindústrias, tão penalizadas com o cancelamento de feiras e eventos, pudessem comercializar suas produções”, declarou. A Feira Virtual foi criada para, ao menos, minimizar prejuízos acumulados pelo setor ao longo de 2020. As perdas iniciaram com a severa estiagem de seis meses e se acentuaram durante a pandemia com a perda de importantes espaços para comercialização de seus produtos.

Selecionados do Vale do Caí
– Barão – Agroindústria Familiar Nona Diva: pães cucas e biscoitos diversos
– São José do Sul – Herbon Agroindústria: linguiças, lombo suíno, copa, torresmo e banha
– Harmonia – Cachaçaria Harmonie Schnaps: cachaças envelhecida na prata e licores

Deixe seu comentário