O ano que se aproxima do fim foi marcado por muitos eventos culturais e de aventura pela região, com destaque para Brochier neste sentido. A Capital do Carvão Vegetal promoveu neste ano mais uma edição da Expofesta, que teve show com Michel Teló, e a Trilha do Carvão voltou a bater recorde de inscrições. Em Maratá e Pareci Novo, chamou a atenção a condenação na Justiça, por crimes diferentes, dos prefeitos Fernando Schrammel e Oregino José Francisco.

Na questão das obras, além da evolução da Transcitrus em diversos municípios, São José do Sul viu logo no início do ano um antigo sonho ser realizado: o acesso ao município foi asfaltado pelo Dnit.

Janeiro
28 de janeiro – Em São José do Sul, a segunda edição da Trilha do Ventil, organizada pelo grupo Trimaníacos, reuniu mais de 400 aventureiros. O percurso foi de 73 quilômetros, passando pelas localidades de São José do Maratá, Dom Diogo Baixo, Linha Lerner, Canavial, Linha Bonita, Linha Comprida, São Pedro do Maratá e Uricana.

Fevereiro
1º de fevereiro – Foram iniciadas nesta data, as obras promovidas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no trecho de 25 quilômetros entre Salvador do Sul e Montenegro da BR-470. A previsão era de que as obras fossem concluías até o final de março, no entanto elas foram realizadas apenas até o quilômetro 277, em São José do Sul.
23 de fevereiro – Um desejo antigo da população de São José do Sul se tornou realidade nessa data. Após tratativas entre a Administração Municipal e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o trecho de cerca de 20 metros entre a BR-470 e a avenida Antônio Kirch que era de chão batido foi finalmente asfaltado. A obra foi realizada no dia 23 de fevereiro.
28 de fevereiro – O último dia de fevereiro marcou mais uma conquista para a professora de Língua Portuguesa e Literatura da Escola Estadual de Ensino Médio São Francisco de Assis, de Pareci Novo, Simone Reinheimer Kochenborger. Por seu projeto “São Francisco em Quadrinhos”, Simone recebeu o prêmio de Professor Destaque do Ensino Médio da 2º Coordenadoria Regional de Educação (CRE), que abrange uma área com 38 municípios. Em dezembro de 2017, a professora já havia recebido o Prêmio RBS de Educação, promoção do Grupo RBS e da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, na categoria “Escola Pública”.

Março
11 de março – Os prefeitos Silvio Inácio de Souza Kremer, de São José do Sul, Fernando Schrammel, de Maratá, Clauro Josir de Carvalho, de Brochier, e Carlos Eduardo Müller, o Kadu, de Montenegro, participaram nesta data da cerimônia de adesão ao programa federal Internet para Todos. A solenidade contou com a presença do presidente Michel Temer e do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, e foi realizada no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília. O programa tem como objetivo levar acesso à banda larga para localidades sem conectividade.
13 de março – A comunidade escolar da Escola Municipal de Educação Fundamental Augusto Ambrósio Rücker, de São Pedro do Maratá, interior de Maratá celebrou com uma festa de grande estilo os 65 anos da escola, completos nessa data. A celebração ocorreu no dia 25 de março e reuniu alunos e ex-alunos e professores e ex-professores. Até mesmo netos do patrono da escola foram esperados.
18 de março – O prefeito de Maratá, Fernando Schrammel, é eleito nesta data o novo presidente da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (Amvarc) para a gestão 2018/2019. O prefeito de Pareci Novo, Oregino José Francisco, foi apontado como 1º vice-presidente e Clauro Josir de Carvalho, prefeito de Brochier, foi escolhido 2º vice-presidente. O 1º secretário é o prefeito de Montenegro, Carlos Eduardo Müller, o Kadu, e o cargo de 2º secretário foi ocupado por Evandro Luis Schneider, prefeito de São Vendelino. O tesoureiro é o prefeito de Bom Princípio, Fábio Persch.
20 de março – O padre Cláudio Finkler recebe o título de cidadão honorário de Maratá pelos seus 40 anos de sacerdócio no município. Natural de Picada Café, Cláudio iniciou sua vida religiosa em solo marataense em janeiro de 1978. Em 1985 foi transferido para Palmares do Sul, porém a comunidade de Maratá se movimentou pela sua volta e ele retornou para a paróquia São Miguel no início de 1986.
20 de março – Pareci Novo e Maratá celebraram nesta data 26 anos de existência. Em ambos os municípios, o aniversário de emancipação foi comemorado com atividades diversas.

Abril
6, 7, 8 e 9 de abril – Durante esses quatro dias Brochier recebeu visitantes de diversos cantos do Vale do Caí – e do Estado – em razão da Expofesta 2018. Criado para valorizar a cidade, o evento chegou na sua 13ª edição com grande estilo. Houve show nacional com Michel Teló, rodeio crioulo e muito mais. As festividades fizeram parte da comemoração dos 30 anos de Brochier, que foram completos dia 11 de abril.

12 de abril – Nesta data o Ibiá publicou a história do escultor Carlos Rodrigo de Azevedo. Com apoio da Prefeitura de Pareci Novo, ele trabalha num ambicioso projeto de contar a história da humanidade até a chegada dos imigrantes do Vale do Caí em esculturas de pedra grés. Parte do trabalho já está exposto no Parque Municipal Júlio José Colling.
13 de abril – 10 meses após a tragédia que atingiu as comunidades de Esperança e Linha Boa Esperança, em Maratá, autoridades locais receberam recursos da cidade co-irmã Rheinbollen, da Alemanha. Os alemães doaram para as famílias marataenses que tiveram suas casas destruídas por um tornado R$ 28 mil.
16 de abril – A data que marca a emancipação de São José do Sul foi celebrada com diversas atividades, dentre elas um encontro das comunidades e um festival de rock. Em 2018, São José do Sul completou 22 anos.
18 de abril – Em abril, o Sistema de Alerta Hidrológico do Rio Caí, operado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), recebeu investimento de R$ 350 mil. O valor foi utilizado para aquisição e instalação de novos equipamentos. O processo de modernização englobou a substituição gradual das sete plataformas de Coletas de Dados Automáticos (PCDs), que operavam com transmissão via GSM/GPRS (telefonia celular) desde 2010, por novas plataformas que realizam transmissão via satélite (GOES) e possuem sensores mais resistentes. O uso da nova tecnologia terá como resultado mais precisão e garantia da informação.
29 de abril – Nesta data, a 1ª Trilha da Vitória, realizada em Maratá, reuniu 390 motos e quadriciclos. O evento foi promovido pelo grupo Agitadores do Barro e passou por diversas localidades marataenses e também de Montenegro.

Maio
8 de maio – Foi sancionada pelo governador José Ivo Sartori a lei que institui a Rota Turística do Vale do Caí. O projeto, que engloba 20 municípios, foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa em 27 de março e tem como objetivos o desenvolvimento sustentável do potencial turístico regional, o fortalecimento, a ampliação e o desenvolvimento da produção local nas áreas do turismo cultural, histórico, religioso, gastronômico, ecológico, de aventuras ou arquitetônicos.
9 de maio – A Viligância em Saúde de Maratá localizou na rua Erci Antônio Pohren, no centro do município, larvas do mosquito Aedes aegypti. A espécie é a principal transmissora de doenças como dengue, zika e chikungunya. O último foco encontrado em Maratá foi em 2012.
9 de maio – Teve início nesta data, o projeto da Administração Municipal de Pareci Novo que leva as tradicionais danças alemãs para escolas do Município. Durante o ano, o grupo coordenado pela professora Nadine Fetter Stein se apresentou em diversos eventos desde então.
23 de maio – Participando dos protestos dos caminhoneiros que parou o Brasil, um grupo de caminhoneiros e produtores rurais de Brochier e Maratá bloqueou desde cedo a ERS-411 na localidade de Reta Grande, em Brochier, nesta data. À tarde, o grupo recebeu apoio de comerciantes brochienses, que fecharam seus negócios e fizeram uma passeata de apoio aos manifestantes e pedindo o fim da corrupção no Brasil do Centro até o local.
24 de maio – Prefeito em exercício de Brochier nesta data, Fernando Aurélio Braun assinou decreto que declarou situação de emergência na cidade em razão da falta de combustível para abastecer a frota do Executivo. Ficaram suspensas as aulas na rede municipal e o transporte escolar oferecido pela Prefeitura, bem como a utilização de qualquer máquina ou veículo da frota municipal. Pareci Novo também viria a decretar estado de emergência pelas mesmas causas.

Junho
8 de junho – Um ano após o tornado que deixou um rastro de destruição pela região, o Ibiá retornou aos locais atingidos para contar as histórias de quem perdeu tudo naquela madrugada trágica. 365 dias depois da tragédia, boas partes dos atingidos já havia conseguido reerguer suas casas ou empreendimentos. Em Maratá, estima-se que o prejuízo na agricultura foi de R$ 2.443.000,00 e R$ 906.300,00 na pecuária. Em Brochier, onde houve destruição nas lavouras de eucalipto e acácia negra, com a perda de madeira ainda não apta para o corte, o estrago econômico foi de aproximadamente R$ 100 mil. Já as lavouras e empreendimentos privados de São José do Sul tiveram um prejuízo avaliado em R$ 392 mil.
11 de junho –

Nesta data, o Ibiá contou a história de Marli Mertins, moradora de Pareci Novo. Acometida pela paralisia infantil, ela depende de cadeira de rodas para se locomover e vive numa casa centenária que precisava de reformas e adaptações.
12 de junho – Uma chuva de granizo deixou mais de 100 imóveis danificados em Salvador do Sul. Entre os espaços danificados estavam duas escolas, uma agroindústria, aviários e diversas residências. De acordo com a Defesa Civil do Estado, naquele dia em todo o Rio Grande do Sul quase a 1.000 imóveis sofreram danos causados pelo granizo ou pelos fortes ventos. Duas mortes foram registradas. Uma ocorreu em Ciríaco e a outra em Sarandi.

Julho
3 de julho – A secretaria estadual de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) divulgou nesta data o resultado da votação deste ano da Consulta Popular. No Vale do Caí, o projeto mais votado foi o que propõe a ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS), com 12.142 votos. Em segundo lugar ficou o programa de apoio e ampliação da infraestrutura rural, escolhido por 5.030 dos votantes. O reaparelhamento dos órgãos da Segurança Pública foi o projeto escolhido por 3.970 pessoas, ocupando a terceira posição.

Agosto
3, 4 e 5 de agosto – A Trilha do Carvão, organizada pelo Doguinhos Jeep Motoclube, chegou em sua quinta edição em grande estilo. Neste ano, o encontro que ocorre em Brochier, que firmou-se como o maior do Estado, teve um novo recorde de inscritos: 2.637 pilotos participaram do evento.

6 de agosto – O Executivo de Pareci Novo adquiriu e começou a instalar câmeras de videomonitoramento.
15 de agosto – Um estudo realizado pelo Grupo de Trabalho (GT) da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e do Instituto Rui Barbosa (IRB) construiu o Perfil da Educação Pública no Rio Grande do Sul. No levantamento, que foi divulgado no início desse mês, foi apontado que o investimento médio por aluno da educação infantil no Estado chega a R$ 6.903,73. Já para o ensino fundamental, o valor médio investido é de R$ 9.728,47 por aluno. A partir de dados oferecidos pelos Municípios da região de cobertura, o Ibiá observou que, em geral, nas cidades da região é injetado, por aluno, um valor maior que a média estadual.

Setembro
6 de setembro – Foram conhecidas nesta data as novas soberanas de Pareci Novo. Lauren Gabrieli da Silva foi agraciada rainha. Completam a corte a primeira princesa Marilisa Klein e a segunda princesa Cláudia Amanda de Souza.

11 de setembro – Quatro famílias de Brochier receberam nesta data certificados que garantem que suas propriedades possuem uma produção orgânica. As certificações foram entregues durante uma Tarde de Campo promovida pelo escritório de Brochier da Emater-RS/Ascar. Com isto, as sete famílias que participam da Organização de Controle Social (OCS) Cultivar passam a contar com a autenticação.

Outubro
11 de outubro – A 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul julgou nesta data, o processo por crimes de responsabilidade movido pelo Ministério Público contra o prefeito de Maratá, Fernando Schrammel, e o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Elson Wadenphul. A decisão determina quatro anos e oito meses de reclusão e seis meses de detenção e 40 dias-multa para o chefe do Executivo e quatro anos e oito meses de reclusão em regime semiaberto para Elson. Também foi aplicada a sanção política de perda do cargo e inabilitação para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, pelo prazo de cinco anos aos dois réus. A sentença determinou ainda o pagamento de valor indenizatório de R$ 5.024,80. Por se tratar de uma primeira decisão, qualquer efeito dela só existirá após novo julgamento por parte do Superior Tribunal de Justiça (STJ).
24 de outubro – Nesta data o Ibiá publicou uma matéria contando sobre como a homeopatia ganhou espaço entre os agricultores de São José do Sul. De acordo com o escritório local da Emater-RS/Ascar, o método é utilizado em 12 propriedades do município.
24 de outubro – São José do Sul se despediu nesta data de Cestilho José Gabbardo, presidente da Comissão Emancipadora da cidade. O líder morreu aos 84 anos. Pela perda, o Município decretou luto oficial de três dias. Cestilho teve seis filhos com a esposa Imelda Verônica Gabbardo.

Novembro
9, 10 e 11 de novembro – A primeira edição da BierFest, idealizada pela cervejaria GoldBier aus Maratá, movimentou Maratá com muito chopp e tradição alemã durante três dias.

11 de novembro – São José do Sul recebeu neste dia mais uma edição da Trilha do Arame. Organizado pelo grupo Kako’s Moto-Adventure, o evento contou com a participação de mais de 400 apaixonados por aventura.
16 de novembro – Com a saída de Cuba do programa Mais Médicos, os municípios de Maratá, Pareci Novo e São José do Sul tiveram que se despedir dos profissionais cubanos que atendiam sua população.
19 de novembro – Três novilhas – uma delas prenha – morreram ao pisarem em um fio da rede elétrica que caiu no potreiro da propriedade de Cláudio Beno Lerner, em São Pedro do Maratá, em Maratá. Por pouco, Gilberto Fuhr, 35 anos, também não perdeu a vida quando se aproximou dos animais mortos e sentiu um formigamento nos pés. Só então é que ele viu o fio energizado.
21 de novembro – Ao longo de todo o ano o Ibiá acompanhou os problemas da ERS-411, rodovia que liga Montenegro a Brochier e Maratá, relatando seus problemas e medidas paliativas tomadas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Em setembro, foi iniciada uma obra mais profunda. Porém, quando o prazo para conclusão se aproximou o que os moradores viram foi a paralisação total da obra inacabada. Em matéria publicada nesta data o Ibiá relatou os perigos e incômodos causados por isso. A obra teria sido paralisada em razão da falta de fornecimento de material asfáltico para a empresa responsável pelos serviços de revitalização.
22 de novembro – A 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul aceitou de maneira unânime denúncia contra o prefeito de Pareci Novo Oregino José Francisco (PDT). Oregino responderá por ameaça. Conforme a denúncia feita pelo Ministério Público (MP), no dia 28 de fevereiro do ano passado, Oregino telefonou para o vereador Inácio Francisco Mendel (MDB) e proferiu ameaças contra os também vereadores Delcio Idésio Kich (MDB), Elton Rodrigues Leal (PTB) e Edson Henrique Müller (PTB).

Dezembro
4 de dezembro – Em evento do Grupo de Educação Fiscal Estadual do Rio Grande do Sul (GEFE/RS), Brochier recebeu reconhecimento pelo seu trabalho em Educação Fiscal. Receberam diplomas de honra ao mérito o Município, o prefeito Clauro Josir de Carvalho e a professora da EMEF Leonar Ricardo Bauer Lourdes Regina Saldanha de Oliveira.
5 de dezembro – Em encontro de patrões da 15º Região Tradicionalista ocorrida no CTG Charla Galponeira, em Pareci Novo, o coordenador Claudio Rogelio Correia Oliveira foi reeleito pela terceira vez para o cargo.
13 de dezembro – Em Brochier, a parceria entre o Legislativo e o Executivo permitiu a construção de três novas salas na EMEI Sapatinho de Cristal. Com um investimento de R$ 294.615,00, a obra foi oficialmente entregue nesta data e permitirá o aumento do número de crianças atendidas pela creche.

Deixe seu comentário