Juliane conquistou o terceiro lugar na competição estadual. Foto: Arquivo Pessoal

Formada em direito e apaixonada pelo tradicionalismo gaúcho, Juliane da Cruz Carvalho, 25, é a 3ª Prenda Estadual. Ela é a primeira prenda do Piquete de Laçadores Timbaúva, e do município de Portão, a receber uma faixa do concurso estadual. A conquista veio durante a 49ª Ciranda Cultural de Prendas, que aconteceu em Lajeado, de 16 a 18 de maio.

Juliane representou a 15ª Região Tradicionalista e a cidade de Portão em 2013 e 2017, mas acabou não conquistando a faixa. No entanto, depois de adquirir experiência nas outras participações e intensificado o preparo ao longo desse período, a jovem conseguiu ficar entre as três finalistas. “Foquei muito nos estudos sobre geografia, folclore e história para a prova escrita. Também estudei bastante as questões tradicionalistas para o teste oral”, revela a 3ª Prenda Estadual da gestão 2019/2020.

A revelação das vencedoras aconteceu por volta das 4h da manhã de domingo, 19. Segundo Juliane da Cruz Carvalho, segurança foi algo decisivo para vencer. “Já conhecia como funcionava o processo das provas e estava tranquila e segura”, revela. Além dela, outras 19 prendas adultas disputaram a faixa. Sobre a conquista, a advogada define como alegre. “É o reconhecimento de um trabalho de muitos anos. O tradicionalismo é muito presente em Portão e na 15ª Região Tradicionalista”, aponta. Agora, Juliane, as demais prendas e os peões vão desenvolver um projeto estadual, o qual será colocado em prática nas regiões tradicionalistas do estado.

Deixe seu comentário