Golpes das mais variadas formas ocorrem diariamente em muitas cidades, e quem está desinformado ou é ingênuo acaba caindo nas palavras de golpistas que querem ganhar dinheiro fácil. Conforme a Prefeitura de São Sebastião do Caí, cidadãos relataram que pessoas estão pedindo doações de roupas, dinheiro e alimentos para jovens atendidos na Casa Lar São Sebastião.
Os supostos golpistas usam o nome da instituição de acolhimento, além de fotos de três meninos atendidos pela Casa – o que é proibido por lei -, para assim convencer moradores a realizar as doações. A Administração Municipal alertou, através de seu site, que essas pessoas não têm vínculo com a Prefeitura e nem com a Casa Lar, e também que não há nenhum trabalho de recolhimento de doações sendo feito.
Geralmente a ações que beneficiam alguma instituição são divulgadas nas páginas oficiais no Facebook e nos veículos de comunicação. Conforme a secretaria de Assistência Social de São Sebastião do Caí, a Casa Lar tem orçamento próprio para realizar os atendimentos. “Caso alguém queira colaborar com doações, deve fazê-lo diretamente com a Assistência Social e o Conselho Tutelar”, afirma o comunicado da Prefeitura.
Portanto, sempre que alguém tiver alguma doação de roupa, alimento ou queira doar algum valor em dinheiro, deve procurar a secretaria de Assistência Social ou da Saúde do município onde reside. Além disso, outras entidades e instituições recebem doações em suas sedes.
A Campanha do Agasalho do Estado, por exemplo, já está em andamento e as entregas de roupas podem ser realizadas em diversos pontos de coleta, conforme o quadro a seguir.

Pontos da Campanha do Agasalho nos municípios

– Quartéis da Brigada Militar
– Quartéis do Corpo de Bombeiros
– Prefeituras
– Farmácias São João
– Unidades do Sesc

Deixe seu comentário