Pareci Novo foi destaque na região da Amvarc no Programa de Integração Tributária. FOTO: Arquivo/Jornal Ibiá

Dentre os Municípios membros da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (Amvarc), Pareci Novo foi o único a atingir a pontuação máxima (100) no segundo semestre de 2020 no Programa de Integração Tributária (PIT). Brochier (92), Maratá (85), Feliz (80) e Montenegro (74) completam os Municípios com os cinco melhores desempenhos.

O PIT é uma parceria de interesse mútuo entre os Municípios e o Estado, visando o aumento na arrecadação do ICMS. A pontuação no Programa agrega valor ao Índice de Participação dos Municípios (IPM), que é o indicador utilizado para determinar a quota-parte de cada um dos Municípios gaúchos sobre as receitas do ICMS.

A secretária municipal da Fazenda de Pareci Novo, Juliana Arnhold, diz que é uma imensa alegria e satisfação ver um trabalho que iniciou aproximadamente três anos atrás atingindo, agora, o nível máximo de pontuação. Para ela, isso demonstra que o Município possui capacidade e interesse de buscar evoluir e melhorar sempre. Ela também agradece a todos que participam na realização do programa na cidade.
No PIT, as ações desenvolvidas pelos Municípios são avaliadas mediante pontuação individual em cinco grupos, onde trabalha-se com: Educação Fiscal, Incentivo a Emissão de Documentos Fiscais, Indícios de Irregularidades nas Empresas, Sistema de Informações Tributárias sobre a Agropecuária do Rio Grande do Sul (SITAGRO) e Programa de Combate à Sonegação.

 

Deixe seu comentário