Feiras do peixe vivo irão ocorrer em diversas cidades da região. Só em Montenegro serão 15 pontos de venda. FOTO: Arquivo/Jornal Ibiá

Conforme estimativa da Regional de Lajeado da Emater/RS-Ascar, 257 toneladas de peixe deverão ser comercializadas no Vale do Caí durante esta Semana Santa. De acordo com o assistente técnico regional em Sistema de Produção Animal da Emater, João Sampaio, serão realizados 121 eventos na região. A previsão é de que os preços variem entre R$ 6,50 e R$ 12,00 o quilo.

Sampaio salienta que os locais de vendas são os mais variados, podendo ser nas sedes dos municípios ou nas comunidades. “Além destas, 67 propriedades rurais realizarão feiras junto aos açudes e viveiros, fora as ações em locais como pesque e pague, residência de produtores, entre outras”, explica.

Em Salvador do Sul, o evento dos dias 17 e 18 marcará a 100ª Feira do Peixe. Os produtores Valdir e Paulo Schwab, são piscicultores com amplo conhecimento e responsáveis pela comercialização de toneladas de peixe todos os anos. “Temos clientes fixos, sobretudo na região metropolitana e no Vale do Taquari, os quais abastecemos com peixes na Semana Santa. Com a chegada da centésima Feira do Peixe não pudemos deixar de aceitar o convite para comercializar peixe aos salvadorenses, uma vez que temos uma relação com essa história da feira”, destaca Valdir.

Ele ressalta que para a feira estão garantidas mais de quatro toneladas de pescado. “É peixe de qualidade, alguns com mais de 18 quilos”, garante Paulo. A comercialização ocorre das 8h30min às 19h de quarta-feira e das 7h30min às 18h de quinta-feira, no anexo ao ginásio poliesportivo, no Parque Affonso Christóvão Wallauer. Estarão disponíveis as espécies de carpas capim, a R$ 8,50 o quilo, e húngara, prateada e cabeça-grande, por R$ 6,50 o quilo. Conforme a secretária de Agricultura e Meio Ambiente de Salvador do Sul, Gledes Forneck, somente em Salvador do Sul a expectativa de venda é de 40 toneladas esta semana.

Principais locais de feira
Bom Princípio – Junto à Prefeitura, no dia 18, das 8h às 17h, e no dia 19, das 8h ao meio-dia;
BROCHIER – Nos dias 17 e 18, a partir das 8h, na propriedade de Pedrinho Kerber, na localidade de Água Fria;
Capela de Santana – Na sexta-feira, dia 19, no Centro de Eventos Octávio Francisco Bernardes, a partir das 8h;
Feliz – Na Praça Lidovino Fanto, no Centro, no dia 17, das 13h às 18h, e dia 18, das 8h às 18h. No dia 18, a partir das 9h, também haverá venda de peixes na propriedade de Waldir Ruschel, na localidade de Morro das Batatas;
Maratá – No pavilhão da secretaria municipal de Agricultura e Meio Ambiente, dentro do Parque Municipal da Oktoberfest, das 7h às 14h30min do dia 18, quinta-feira;
Montenegro – Nos dias 17, 18 e 19, sempre a partir das 8h30min até quando houver peixe, na Praça da rodoviária; no estacionamento da Certaja, na Vendinha; na rua Carlos Lourival Lampert, número 48, bairro São Paulo; na Estrada do Morro Montenegro, nas propriedades de Jocemar, Márcio e Demenciano, Ademir; na Praça dos Ferroviários; na Estrada Maurício Cardoso, em frente à TaQi; na Praça Timbaúba; na ERS-124, na entrada da Rua Nova, na propriedade de Nilvo; na BR-386, na Rua Nova, em frente à agropecuária; em Santos Reis, na propriedade do Paulo Müller; na Praça Germano Henke; em Passo da Serra, no posto de lavagem;
Salvador do Sul – No Parque Municipal Affonso Wallauer, no Centro, no dia 17, das 8h30min às 19h, e no dia 18, das 7h30min às 18h;
Tupandi – Na propriedade de José Marcos Schons, na comunidade do Areal, no dia 18, das 13h às 18h30min, e no dia 19, das 7h ao meio-dia.

Deixe seu comentário