Cone alerta motoristas para presença de grande buraco em Porto dos Pereira

Trecho entre Montenegro e São Sebastião do Caí está repleto de buracos

Com as frequentes chuvas nos últimos dias, o traçado da ERS-124 entre Montenegro e São Sebastião do Caí apresentou grande deterioração. Grandes buracos são encontrados ao longo do trecho e representam perigo aos usuários da rodovia. Além disso, em meados de outubro, o prefeito de Pareci Novo, Oregino José Francisco, apresentou ofício ao Ministério Público (MP) pedindo melhoria na sinalização da rodovia, principalmente na rótula entre Pareci Novo, Harmonia e São Sebastião do Caí. O órgão deu ao Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) prazo de 60 dias para realização de melhora na sinalização.

De acordo com a autarquia, a manutenção e sinalização do trecho dependem da disponibilização de recursos financeiros. “O Daer, juntamente com a secretaria estadual de Logística e Transportes e o Governo do Estado, está constantemente buscando fontes de recursos para as obras pendentes”, informou o órgão, via e-mail. Não foi informado prazo de quando melhorias devem ser realizadas.

Moradores tentam amenizar situação por contra própria, colocando terra em alguns buracos da rodovia

Enquanto que as autoridades responsáveis não realizam intervenções, moradores das margens da rodovia tentam auxiliar aos motoristas como podem. Por exemplo, em diversos buracos foi colocado terra numa tentativa de amenizar o impacto dos carros que os atingissem. “São os vizinhos que fazem o tapa-buraco”, resume Nedi de Souza Machado. A própria comerciante já usou um carrinho de mão e terra vermelha para fechar alguns tempos atrás.
Recentemente ela conseguiu um cone para sinalizar a presença de um grande buraco perto de seu comércio, em Porto dos Pereira. “Passavam ali e estavam furando o pneu, estragando as rodas”, conta. De acordo com o Daer, qualquer ação executada por terceiros em rodovias sob sua responsabilidade deve ser fiscalizada por técnicos da autarquia, pois podem colocar em risco a segurança dos usuários.

Deixe seu comentário