Votação ocorrerá nos dias 4, 5 e 6 de setembro FOTO: Governo do Estado

Lideranças da região conheceram na terça-feira, dia 13, em São Sebastião do Caí, as novidades para este ano da Consulta Popular durante assembleia regional do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) do Vale do Rio Caí. No encontro, a diretora do Departamento de Desenvolvimento Regional da secretaria estadual de Governança e Gestão Estratégica (SGGE), Bruna Blos, explicou que neste ano será possível agregar projetos de uma mesma área. Além disso, só podem ser colocados nas cédulas projetos de desenvolvimento regional.

A diretora reforçou que o Governo do Estado destinará R$ 20 milhões para a Consulta Popular. Segundo Bruna, 80% desse valor foi dividido de forma igual entre os Coredes e 20% com base no Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese). Assim, a região deve receber R$ 685.714,29 para desenvolver os projetos escolhidos na votação. Uma nova assembleia está marcada para as 14h do dia 22 deste mês, no campus da Universidade de Caxias do Sul (UCS), em São Sebastião do Caí, para se debater a definição da cédula e dos projetos.

Conforme Bruna, os Coredes irão decidir os critérios de votação como quantidade de projetos nas cédulas – que pode ir de 1 a 5 –, o número de demandas eleitas e a definição do percentual do valor destinado a cada projeto, bem como a porcentagem de distribuição dos recursos por projeto e por municípios e os critérios utilizados para estabelecer essa distribuição. Este ano, o pleito ocorre de 4 a 6 de setembro.

Deixe seu comentário