EMEF José Pedro Mendel foi uma a das receber piso de PVS em sua entrada. FOTO: Prefeitura de Pareci Novo

Retorno se dará de maneira presencial nas cidades da região

De maneira presencial e respeitando protocolos de prevenção à Covid-19, as primeiras crianças começam a retornar às aulas na região desde a última semana. A volta aos encontros nas redes municipais de ensino de Brochier, Maratá, Pareci Novo e São José do Sul se inicia pela Educação Infantil antes de chegar aos estudantes matriculados no Ensino Fundamental. Em Montenegro, aulas na Educação Infantil e no Ensino Fundamental começarão no mesmo dia: 21 de fevereiro. Confira as informações de cada cidade:

Brochier
Em Brochier, as aulas da rede municipal de ensino voltaram na segunda-feira, dia 7, com a retomada das atividades do berçário e do maternal na EMEI Sapatinho de Cristal. No dia 16 retornam as aulas das turmas do Ensino Fundamental na EMEF Leonar Ricardo Bauer e na EMEF Emílio Bauer. Nessas duas mesmas escolas serão retomadas no dia 17 as aulas da pré-escola. Ao todo, são 460 estudantes atendidos na rede municipal de ensino brochiense.

Entre as novidades para o ano letivo de 2022 estão a transferência das turmas de pré da EMEI Sapatinho de Cristal para a EMEF Leonar Ricardo Bauer e EMEF Emílio Bauer. Como já havia sido decido pelo Executivo, a EMEF Professor Jorge Felipe Allebrandt será fechada. Haverá também a implantação do sistema de ensino Aprende Brasil, com o objetivo de reduzir as lacunas de aprendizagem decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

Maratá
Com 273 alunos matriculados na rede municipal, Maratá começou a receber as crianças no dia 31 de janeiro, com a retomada dos atendimentos para crianças de 0 a 3 anos na EMEI Descobrindo a Vida. Alunos matriculados nos prés e no Ensino Fundamental iniciarão suas aulas no dia 21.

Como novidade, a rede municipal de ensino de Maratá contará com o sistema de ensino Aprende Brasil. Também devem ser desenvolvidos ao longo do ano projetos de educação financeira, iniciação científica, educação fiscal, dança alemã, musicalização e banda marcial. Há, ainda, a previsão de ações em parceria com o Conselho Tutelar e a Brigada Militar. Além disso, haverá turno complementar em todas as escolas.

Profissionais da Educação Infantil de Maratá tiveram capacitação instrutiva de primeiros socorros. FOTO: Prefeitura de Maratá

Montenegro
A volta às aulas em Montenegro mobilizará milhares de famílias, uma vez que são mais de 6 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino. O ano letivo terá início em 21 de fevereiro tanto para a Educação Infantil quanto para o Ensino Fundamental nas escolas municipais.

Além de manutenções em andamento em diversas escolas – tento como destaque a obra de troca do telhado e reforma de uma sala na EMEF Cinco de Maio –, as crianças também encontrarão outras novidades nesse novo ano letivo. A rede municipal de ensino contará com reforço na aprendizagem e o projeto de cooperativa escolar desenvolvido em parceria com a cooperativa Sicredi.

São José do Sul
A volta às aulas em São José do Sul teve início na segunda-feira, dia 7, com crianças do berçário e maternal sendo atendidas na EMEI Laranjinha. Matriculados da pré-escola e do Ensino Fundamental voltam às aulas em 14 de fevereiro, sendo recebido na EMEF Professora Valéria Maria Kirch e na EMEF João Lerner.

Neste início de ano letivo, as turmas de Educação Infantil terão atendimento em turno integral. Já os alunos das séries iniciais voltam às aulas sem atividades de contraturno, exceto o reforço escolar e atendimentos especializados. Ao todo, a rede municipal de ensino atende 262 crianças.

Turmas do berçário e do maternal retornaram às aulas dia 7. FOTO: Prefeitura de São José do Sul

Pareci Novo
Os atendimentos na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Professora Elisa Schneiders Lutckmeier e das turmas de maternal e berçário da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) José Pedro Mendel foram retomados na segunda-feira, dia 7, e forma escalonada. As turmas de jardim A e B retornaram suas aulas juntamente com o restante dos alunos matriculados no Ensino Fundamental. A volta dos encontros na rede municipal significa o retorno de cerca de 700 crianças às salas de aula.

Ao retornarem às aulas, as crianças encontrarão novidades nas escolas. Além de pequenos consertos e manutenção, houve a colocação de PVS na frente de algumas das instituições de ensino, bem como cercamento da EMEF José Pedro Mendel e da EMEF Catharina Fridolina Weissheimer. Ocorreram, ainda, reorganização de espaços e aquisição de novos móveis e eletrodomésticos.

Deixe seu comentário