Artesanato é um dos diferentes produtos que os consumidores encontram na feira

Expositores passaram a ocupar novo espaço, aos fundos da sociedade Botafogo

Foi em clima de festa que a Feira das Belezas e Sabores de São José do Sul foi retomada. A edição do evento, uma vitrina para artesãos e produtores rurais locais, que marcou a retomada ocorreu na quarta-feira, dia 10, no novo local que será ocupado pelos expositores: o espaço aos fundos da Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural Dom Diogo, a Sociedade Botafogo. A feira, que não vinha sendo realizada desde 2020 por conta da pandemia, voltará a ser semanal, ocorrendo sempre às quartas-feiras das 14h às 18h.

Avisada pela filha da retomada da feira, a empresária Iloni Maria de Oliveira, 55 anos, veio de Salvador do Sul para aproveitar e adquirir frutas e verduras orgânicas, um dos destaques da feira. Para ela, é importante ter esse tipo de produto por perto. Além disso, a empresária diz sempre optar por alimentos orgânicos. “Ao invés de gastar com remédio, prefiro gastar um pouco mais com os produtos (de alimentação) que compro”, disse e reforçou que alimentar-se com orgânicos é bom para a saúde.

Márcia (à direita) destacou que feira ajuda a aproximar seu empreendimento do público

Artesã e também produtora de cucas, bolachas e outras delícias, Helena Margarida Kleinschmitt mostrou-se feliz com o retorno da feira. Segundo ela, ter um espaço para comercializar sua produção e de outros artesãos e produtores é muito importante. Participando da Feira das Belezas e Sabores de São José do Sul desde sua criação há sete anos, Helena reforça que agora a população sabe que nas quartas-feiras à tarde encontrará no espaço aos fundos da Sociedade Botafogo ótimos e diversificados produtos.

Helena expõe seu artesanato e também vende delíciais coloniais

Para a empreendedora rural Márcia Luciane Führ, da Agroturismo Führ, localizada em Linha Lerner, a feira é uma importante oportunidade. “A ideia é trazer para mais perto do público os nossos produtos”, afirmou. No estande do empreendimento, os consumidores encontrarão delícias produzidas na propriedade da família, onde há um café colonial, bem como flores e frutas e verduras orgânicas.

Ao todo, a feira, que é organizada pela Prefeitura e pela Emater-RS/Ascar, contou com 11 expositores em sua edição de retomada. Ao discursar no ato de reinauguração, a prefeita de São José do Sul, Juliane Maria Bender, se disse muito feliz porque ali estavam apenas produtores e artesãos locais. “São pessoas de São José do Sul fazendo com que São José do Sul seja forte”, afirmou. Ela também agradeceu à diretoria da sociedade Botafogo por ceder o espaço para a realização da feira até ela ter um local próprio.

“A ‘feirinha’ já tinha um potencial no Município, então os próprios produtores estavam solicitando essa retomada, assim como também os consumidores”, revelou Juli, como é conhecida a prefeita. A chefe do Executivo entende que, por conta da pandemia do novo coronavírus, a retomada pode ser vagarosa, mas logo dará frutos. “Temos que voltar a ter o costume de ir à feira nas quartas-feiras, mas, com certeza, (a feira) vai ser um grande sucesso”, comentou.

Na edição de retomada, 11 expositores participaram da Feira das Belezas e Sabores

Deixe seu comentário