Escola de Educação Infantil atende, hoje, 61 crianças e receberá novos 42 alunos. FOTO: Arquivo/Jornal Ibiá

Após estudos e adequações, a Prefeitura, por meio da secretaria municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo (SMECDT), realizará o remanejo de 42 crianças dos Jardim A e do B da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Jacob Pedro Calsing, que atendida apenas esses níveis, para a Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Laranjinha, a popular creche. Essa transferência do local de estudo está prevista para após o recesso de meio de ano, mas pode ser antecipada. O objetivo é adequar a estrutura de educação do Município a normativas do Conselho Estadual de Educação (CEED).

Em nota, a SMECDT diz que visa adequar a EMEI Laranjinha ao Parecer Número 320/2018 do CEED, que atualiza normas ao credenciamento de estabelecimento de ensino e autorização para funcionamento de cursos e regula procedimentos, e à Resolução Número 339/2018 do mesmo órgão, que fixa as diretrizes curriculares para a Educação Infantil. “Para tanto, fez-se aprofundado estudo das necessidades e pendências frente à nossa realidade, assim foi possível constatar a necessidade urgente de algumas mudanças”, diz o documento.

Conforme a SMECDT, a opção de transferir as crianças para um espaço adequado para a faixa etária foi tomada após reunião com o grupo de pais dos alunos matriculados na pré-escola na qual foi exposta a situação. Antes, a secretaria buscou orientações na 2ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). “Fala-se em ‘fechamento de escola’, o que não está de acordo com as ações que estão sendo realizadas”, esclarece a nota. “A paralisação (das atividades) não quer dizer fechamento, uma vez que se tiver demanda de matrículas em 2020, esta (escola) pode voltar a atender alunos do Ensino Fundamental”, complemente o documento.

Para melhor receber os novos alunos, haverá remanejo das turmas na EMEI Laranjinha. Não haverá contratação de novos profissionais, uma vez que a equipe que atua na EMEF Jacob Pedro Calsing também será transferida com os estudantes para a creche. A SMECDT ressalta que a escola de Educação Infantil, que atualmente atende 61 crianças, passou por reformas no início do ano com a ampliação de duas salas de aula, colocação de forro no saguão, pintura externa do prédio e implementação de duas áreas para recreação, sendo uma externa e outra interna.

Deixe seu comentário