A Escola Municipal de Ensino Fundamental João Lerner será um centro de contraturno a partir de 2019

Rede municipal. No dia 23, sexta-feira agora, escolas farão atendimento em horário especial para atender os pais

A rede municipal de ensino de São José do Sul, que atende quase 250 crianças, abriu segunda-feira, dia 19, o seu período de rematrículas e matrículas. O cadastro junto às escolas deve ser feito até o dia 30 deste mês, diretamente nas instituições das 7h30min às 11h. No dia 23, sexta-feira desta semana, haverá atendimento das 17h às 20h30min. O horário especial foi pensado para os pais que possuem dificuldade de poder realizar a matrícula ou rematrícula pela manhã.

A secretaria municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo alerta que para fazer a matrícula é necessário apresentar certidão de nascimento do aluno, RG e CPF – caso o estudante possua -, comprovante de residência, carteirinha de vacinação e cartão do SUS. Para a autorização do transporte escolar é preciso apresentar comprovante de residência. A pasta alerta ainda que para realizar a matrícula na pré-escola é necessário que a criança tenha quatro anos completos até o dia 31 de março de 2019. Dúvidas poderão ser sanadas diretamente nas escolas.

Equipe da secretaria trabalha para manter constante aprimoramento

O secretário municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, Sidnei Gustavo Schommer, diz que para o próximo ano foram preparadas novidades que implicarão em diversas melhorias para os estudantes. Segundo ele, a rede municipal passará a contar com um espaço voltado especialmente para o contraturno.

Trata-se da Escola Municipal de Ensino Fundamental João Lerner, na Linha Lerner, que passará a ser um centro de contraturno para alunos do 1º ao 3º ano. A escolha se deu em razão da estrutura dela, que conta agora também com um ginásio comunitário fechado ao seu lado, possibilitando atividades em dias de chuva.

Conforme Sidnei, a mudança foi pensada na busca pela otimização dos recursos humanos e também para evitar o baldeamento dos estudantes durante o transporte escolar. De acordo com o secretário, a centralização do contraturno numa escola permitirá um atendimento mais personalizado aos alunos, com momentos par brincadeira ou pedagógicos, como reforço escolar, e também oficinas diversas como escolinha de futebol, taekwondo, patinação e música. Ele revela ainda o desejo de, ao longo do próximo ano, ampliar o contraturno também para as turmas do 4º ano.

Com a mudança, a Emef João Lerner passa a receber apenas o contraturno. Assim, a Emef Professora Valéria Maria Kirch receberá as turmas de 1º ao 9º ano da rede municipal. A Emef Jacó Pedro Calsing concentrará o Pré A e o Pré B. Já a Creche Municipal Laranjinha atenderá o berçário e o maternal.

Níveis atendidos por cada escola
Creche Laranjinha
Berçário e maternal
Emef Jacó Pedro Calsing
Pré A e Pré B
Emef Professora Valéria Maria Kirch
1º ao 9º ano do Ensino Fundamental
Emef João Lerner
Contraturno

Deixe seu comentário