Aulas acontecem nas terças-feiras, das 19h30mim às 21h30min. FOTO: arquivo pessoal Marcos Cardoso

No curso os alunos terão a oportunidade de produzir um curta-metragem

Teve início na última terça-feira, 13, a oficina de cinema de São José do Sul. A iniciativa é organizada pelo Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Recriar, com coordenação do professor de Teatro Marcos Cardoso e de Daniel Guterres, da Blue Wolf Produções.

No total são oferecidas 20 vagas, sendo que 10 delas já foram preenchidas. Quem quiser participar ainda tem a chance, as inscrições podem ser feitas na sede do Cras Recriar, na rua Edmundo Lothário Kunrath, número 341, ou pelo celular 9 9725-6218, através de ligação ou mensagem pelo WhatsApp.

O público prioritário é de pessoas acima dos 16 anos, mas caso as vagas não sejam preenchidas por esse grupo, serão inscritas pessoas acima dos 12 anos que demonstraram interesse. A primeira edição do projeto aconteceu em 2015, na época com verba da fundação Itaú Social. A iniciativa agora partiu do município, que pretende incentivar a criação audiovisual na cidade.

Curso é dividido em três módulos
O curso possui três módulos, nos quais são trabalhados desde a criação do roteiro até a edição. De acordo com o professor Marcos Cardoso, a oficina é uma introdução ao audiovisual que busca dar ferramentas básicas para que os alunos possam se aventura no universo cinematográfico.

“No primeiro módulo trabalhamos a pré-produção, que é o roteiro. Depois disso nós vamos para a preparação de campo, quando iremos dividir a turma em grupos e vamos para o experimento de colocar o roteiro desenvolvido por eles na prática e criar o curta metragem”, relata o professor. Haverá inda uma última etapa da oficina, que irá trabalhar a pós-produção. “Esse é o momento que nós vamos auxiliá-los a fazer a edição do curta metragem deles”, explica Cardoso.

A ideia é que os curtas produzidos pelos alunos contem histórias e lendas de São José do Sul. “A produção vai ser voltada à filmagem de questões relacionadas ao município, seja evidenciando os pontos da cidade, evidenciando o turismo, enfim, evidenciando São José do Sul”, destaca Cardoso.

Com a realização da oficina, o objetivo é incentivar a produção audiovisual local. O professor destaca que o intuito é despertar o desejo dos alunos em aprender mais sobre o audiovisual. “A ideia é plantar sementes para que nós tenhamos talvez futuros cineastas na nossa região”, finaliza Cardoso.

Deixe seu comentário