Ação busca manter acesa nos pequenos a chama do amor pela cultura rio-grandense

Semana farroupilha. Cultura gaúcha foi valorizada em atividades

Em São José do Sul, a programação da Semana Farroupilha contou com a disseminação da tradição gaúcha entre alunos da rede municipal de ensino desde a Educação Infantil até dos anos finais do Ensino Fundamental. As atividades ocorreram tanto no saguão do Centro Administrativo, onde o Grupo de Artes Essência Nativa montou uma decoração alusiva ao tema “Caminhos de Anita”, quanto no ginásio de esportes de Dom Diogo Baixo, onde o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Peleadores do Sul recebeu grupos de alunos.

“É um bom momento para se incutir a semente do tradicionalismo. A tradição tem que ser passada e ensinada às crianças”, afirma a responsável artística do CTG Peleadores do Sul, Maria Eunice Bohn. No entender da tradicionalista, o CTG é um local onde é preservada a cultura gaúcha e inserir as crianças nesse contexto permite incutir nelas o respeito pelo passado. “Dos ensinamentos das memórias passadas é que se vai construir algo melhor para nós”, pondera.

As turmas que visitavam o ginásio de esportes de Dom Diogo Baixo eram recebidas por Maria Eunice e apresentavam aos presentes um pouco do que aprenderam em aula. No caso da turma do maternal 2 da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEI) Laranjinha, que visitou o espaço na manhã de quarta-feira, dia 15, os pequenos apresentaram a música “Caranguejo” e entoaram o hino rio-grandense.

Para a diretora da EMEI Laranjinha, Cinara Mombach, é importante que as crianças aprendam desde pequenos a valorizar a cultural do seu Estado. De acordo com ela, os aluninhos trabalharam na creche a tradição gaúcha através de seus símbolos e vestimentas, bem como a dança – que apresentaram na atividade junto ao CTG.

Dos encontros dos alunos com os tradicionalistas, Maria Eunice lamentou apenas a não liberação por parte da Inspetoria de Defesa Agropecuária para a realização de atividades com cavalos que estavam previstas. “(O cavalo) É um símbolo do Rio Grande do Sul e fiel companheiro do guerreiro farrapo. Queríamos plantar a semente do cuidado do animal”, explica a responsável artística do CTG Peleadores do Sul. (ARH)

Turma do Maternal 2 do EMEI Laranjinha participou da ação na quarta-feira

Deixe seu comentário