Brenda já domina a flauta e aproveita oficinas para aprender a tocar teclado

Grupo Instrumental. Mais de 50 munícipes participam de oficinas gratuitas

Pacientemente seguindo a partitura, a pequena Brenda Agatha da Cruz, 10 anos, vai aprendendo a tocar teclado. Apesar da pouca idade, esse já é o segundo instrumento que ela começa a dominar. O primeiro foi a flauta doce. Toda essa desenvoltura no meio da música se dá em razão do apoio da família e também pela existência do Grupo Instrumental no município. “A flauta eu toco porque gosto de assoviar e teclado é algo que sempre quis tocar”, conta Brenda.

Aproveitando as oficinas disponibilizadas através do Grupo Instrumental, a música mirim busca seguir os passos do pai, que também tocava teclado. Inclusive, foi ele quem presenteou a filha com o instrumento. Questionada se recomendaria as aulas de música para outras pessoas, ela é categórica: “se gostam, têm que fazer”. E foi justamente o gosto por música que fez sua colega de teclado Giseli Mossmann, 10 anos, iniciar em outubro do ano passado as aulas gratuitas e continuar praticando neste ano. “Quero entrar no Grupo Instrumental”, revela Giseli.

Conforme o coordenador do grupo, Lucas Eduardo Grave, são atendidos pelas oficinas desde crianças de sete anos até adolescentes. As aulas acontecem no Telecentro ou nas escolas municipais nas terças e sextas-feiras, das 7h30min às 11h30min e das 13h às 17h30min ou nas quartas-feiras, das 7h30min às 11h30min. De acordo com ele, são cerca de 50 estudantes atendendo a oficinas e outros 20 que já fazem parte do Grupo Instrumental.

Segundo Lucas, o principal objetivo das oficinas é a manutenção do Grupo Instrumental e fazer com que ele se torne a Orquestra Municipal. “Para chegar ao Grupo Instrumental, o músico tem que passar pelas oficinas. Quando o professor vê que ele está apto, é feito o convite”, explica. Lucas destaca ainda que as aulas abrangem 11 instrumentos, desde flauta transversal até bateria e percussão.

Interessados em participar das oficinas de música podem fazer suas inscrições na Secretaria de Educação, Cultura, Desporto e Turismo. Segundo a assessora da secretaria, Anelise Finger Knebel, podem se inscrever alunos em idade escolar, ou seja, até 17 anos. “A inscrição deve ser feita pelos pais e não é oferecido transporte”, alerta. Ela revela ainda que, este ano, as oficinas estão acontecendo também nas turmas de Educação Infantil, onde os professores passam por 15 minutos para apresentar um instrumento novo para as crianças.

Deixe seu comentário