Escolas da rede municipal foram preparadas para receber de forma segura alunos, professores e funcionários. FOTO: Arquivo/Jornal Ibiá

A retomada respeitará uma série de medidas sanitárias impostas pela Covid-19

As aulas da Rede Municipal de Ensino em São José do Sul voltarão a ocorrer de forma presencial a partir do dia 22 de fevereiro, com o início do ano letivo 2021. A retomada será em partes, de forma escalonada, e respeitará uma série de medidas sanitárias impostas por conta da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o cronograma preparado e divulgado pela secretaria municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo (SMECDT), as primeiras turmas a voltarem para a sala de aula, dia 22, serão os berçários e maternais da Escola Municipal de Ensino Infantil (EMEI) Laranjinha e as turmas do 1º ao 5º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Valéria Maria Kirch.

No caso da creche, o retorno será 100% presencial, mas com turno parcial. Ou seja, 50% dos alunos serão atendidos no turno da manhã e os outros 50% serão atendidos no turno da tarde. Já na EMEF Professora Valéria Maria Kirch, haverá a divisão da turma com 50% dos alunos tendo aula presencial e os outros 50% realizando atividades remotas, havendo, ainda, rodízio semanal entre esses grupos.

No dia 1º de março retornarão aos encontros presenciais os alunos do 6º ao 9º ano da EMEF Professora Valéria Maria Kirch. Dessas, a única turma que será dividida será a do 7º ano. Nela, 50% dos alunos terão aula presencial e os outros 50% realizarão atividade remota, com rodízio semanal. A Classe de Aceleração terá aulas na EMEF Professora Valéria Maria Kirch, também iniciando no dia 1º de março.

O retorno dos alunos da Educação Infantil matriculadas no Pré 1 e no Pré 2 acontecerá dia 8 de março. Nesse caso, 50% dos alunos de cada turma terão aula presencial e os outros 50% terão aula remota, com rodízio semanal.
De acordo com a SMECDT, não haverá atendimento atividades de contraturno escolar nesse primeiro momento. No entanto, há a expectativa de que essas atividades possam ocorrer a partir do segundo semestre, dependendo do cenário da pandemia na cidade.

Servidores já foram orientados
Por conta da pandemia, um importante fator nesse retorno das aulas presenciais é a atenção aos protocolos sanitários. De acordo com a SMECDT, servidores das escolas receberam orientações e treinamento numa ação conjunta com a secretaria municipal de Saúde, Saneamento e Assistência Social.

Além disso, as instituições de ensino estão preparadas com tapete sanitizante, álcool em gel, distanciamento adequado e outras medidas que visam garantir a saúde das equipes de trabalho e dos alunos. Segundo a SMECDT, os protocolos serão também encaminhados para as famílias para que todos estejam atentos e juntos nos cuidados contra o novo coronavírus.
Em caso de dúvidas sobre o processo de volta às aulas ou a busca por mais informações pode-se entrar em contato pelos telefones 3614-8189 e 3614-8000.

Deixe seu comentário