Alimentos podem ser doados em mercados, lojas ou no Centro de Referência em Assistência Social. FOTO: Reprodução/Pixabay

AÇÃO SE CHAMA “A fome dói, mas a solidariedade cura”

Para ajudar famílias em vulnerabilidade social que passam dificuldades por conta da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de São Sebastião do Caí, em parceria com a iniciativa privada, realiza a campanha de arrecadação de alimentos “A fome dói, mas a solidariedade cura”. O objetivo é engajar a comunidade na doação de alimentos para que, por meio da secretaria municipal de Saúde e Assistência Social, famílias em vulnerabilidade social cadastradas pelo Município sejam beneficiadas.

As doações podem ser feitas em supermercados e diversas lojas da cidade, bem como na sede do Centro de Referência em Assistência Social (Cras). De acordo com a coordenadora do Cras, Zoraia Ivani Câmara, não há data para a campanha chegar ao fim. “Não tem prazo para acabar porque a pandemia também não tem prazo (para acabar)”, diz. Ela salienta, ainda, que um mutirão para o recolhimento de doações nos diversos bairros da cidade também está sendo planejado.

Empresas que desejarem participar da campanha podem entrar em contato diretamente com o Cras pelo número 3635-2569. Famílias da cidade que quiserem receber as doações também podem entrar em contato pelo mesmo número de telefone ou ir presencialmente até o Cras para ver se encaixam-se nos padrões para recebimento das doações.

Deixe seu comentário