As mães apreciaram apresentações e homenagens durante a festa, feita especialmente para elas

Festa das Mães. Produtores de Pareci e São José do Sul terão circuíto turístico

As belezas e delícias produzidas em Pareci Novo e São José do Sul foram apreciadas por mamães e filhinhos no último sábado, dia 11, quando o Ginásio Municipal Armin Adolfo Heldt, em Pareci Novo, sediou a 2ª Festa das Mães. Quem esteve no evento pode, por exemplo, fazer uma cesta com produtos locais para presentear as mães. Entre as opções, cucas, geleias, flores, frutas, sucos e licores.

E também a comercialização foi feita por famílias dos dois municípios, que mostraram um pouco daquilo que poderá ser conferido no Circuito Turístico Caminho do Coração. O roteiro será aberto oficialmente no dia 21 de maio, contando com seis empreendimentos em Pareci Novo e seis em São José do Sul. Na mesa estarão delícias locais da fruticultura, agroindústrias e café colonial; além de alimento aos olhos com belezas das floriculturas e dos artesanatos emoldurados pelas belas paisagens do Vale do Caí.

A família Führ, de São José do Sul, é uma das que integrarão a rota e que expôs seus produtos na Festa das Mães de Pareci. “Sou eu que faço as coisas! Mas as receitas são da minha sogra, que aprendeu com a mãe dela”, conta Márcia Luciane Führ, 45. Ela, agora, está repassando as receitas de família para as filhas, Nadine, 23, e Letícia, 19. “É uma alegria ver elas se interessando. A carne assada é o carro-chefe, e é feita no forno de pedra, como antigamente”, exemplifica.

Em outra estande, Maria Helena da Rocha, 53, trouxe seus 21 anos de empresa focada na produção orgânica de alimentos sem açúcar. Ela conta que 70% da produção da pareciense Novo Citrus é vendida na região entre Caxias do Sul e Porto Alegre. “Quando nós começamos a produzir, a região não tinha esse hábito de [consumir] alimentos saudáveis”, recorda. A empreendedora acredita que é importante os moradores conhecerem a produção local, porque vender para quem está perto também é um hábito sustentável. “Você gasta menos energia e menos combustível”, exemplifica.

Família de Maria Helena (centro) trabalha unida na agroindústria

A empresa é familiar, e uma das filhas de Maria Helena que estuda publicidade faz a divulgação da agroindústria. “Elas valorizam muito e passam o conhecimento adiante. Como mãe, eu sinto que estou cumprindo minha missão de ensinar a elas, que devemos entregar uma terra melhor do que recebemos”, diz.

A Festa teve atrações como a homenagem feita pelos alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Beato Roque para as mães, apresentações do grupo infantil de danças folclóricas alemãs Blumentanzgruppe e do Destaque Estúdio de Dança, além de show com a banda de pop rock Four Souls Music e comercialização de chopp artesanal.

Deixe seu comentário