Ação fez parte do projeto para o concurso Ecovídeo. FOTO: Prefeitura deMaratá

Uma rifa promovida pelas alunas Ana Júlia Rasche, Dienefer Marques e Tainá Andrieli Schu, do Colégio Estadual Engenheiro Paulo Chaves, ajudou a custear a castração de uma cadela de uma família carente em Maratá. A ação, chamada de “Focinho Caridoso”, resultou em R$ 255,00 e fez parte do projeto das alunas para o concurso Ecovídeo 2021, que teve como tema deste ano “Animais nas ruas: um problema de toda a comunidade”.

O valor foi entregue ao coordenador agrícola da secretaria municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Maratá, Afonso Weschenfelder. Em Maratá, há uma lei que destina uma porcentagem do Fundo Municipal do Meio Ambiente para a castração de animais de rua ou de famílias em vulnerabilidade social. (ARH)

Deixe seu comentário