Mudanças no acolhimento e triagem são válidas para o Centro de Saúde. FOTO: Arquivo/Jornal Ibiá

A secretaria municipal da Saúde de Maratá trabalha na implantação do projeto de acolhimento no Centro de Saúde do Município. Segundo a titular da pasta, Gisele Adriana Schneider, o intuito é melhor organizar os atendimentos no local seguindo o princípio da equidade. “Ou seja, acolher os pacientes conforme suas necessidades”, explica. A primeira mudança é na organização dos horários de atendimento para que todos possam ser atendidos pela equipe de triagem.

Assim, das 8h às 9h a equipe de enfermagem estará envolvida apenas no acolhimento e triagem dos pacientes e os procedimentos de realização de curativos e de vacinas serão feitos após esse horário, quando a demanda para a triagem já ter sido atendida. Assim, curativos passam a ser realizado das 9h às 11h e das 14h às 16h e vacinas das 9h às 11h30min e das 14h às 16h30min. A próxima etapa, a ser implantada no próximo mês, trará o atendimento por classificação de risco.

O sistema é semelhante ao utilizado no pronto atendimento do Hospital Montenegro, mas voltado para o acolhimento de demanda espontânea na atenção básica. “Todos os pacientes serão acolhidos e encaminhados para atendimento conforme a necessidade avaliada pela triagem”, salienta Gisele.

Deixe seu comentário