Desassoreamento do leito do arroio foi concluído na semana passada FOTO: Prefeitura de Maratá

A Prefeitura de Maratá concluiu na última semana o desassoreamento de uma parte do Arroio Maratá. Além dessa medida, a Administração Municipal irá colocar mais galerias para despachar o fluxo da água na região da Trilha Turística. Tal etapa deve ter início em junho. Conforme o prefeito Fernando Schrammel, essas ações visam diminuir significativamente as enchentes na cidade.

O projeto de contenção das cheias do Arroio Maratá tem seu valor estimado em quase R$ 50 mil, sendo parte utilizado para pagar 124 horas de trabalho de uma escavadeira no desassoreamento e o restante na compra de 12 galerias, das quais seis ainda precisam ser adquiridas. O processo de licitação para essa compra ainda será aberto. Nos últimos anos, por diversas vezes o Arroio Maratá transbordou, gerando transtornos aos moradores do centro da cidade. Quando chove muito, a força da água também forma bancos de areia no leito, impedindo que a água faça o seu curso normal.

O Município buscou apoio técnico para a elaboração do projeto e das licenças ambientais necessárias para a realização do desassoreamento e construção das novas galerias. Uma denúncia sobre o desassoreamento paralisou os trabalhos por alguns dias até a Prefeitura apresentar os licenciamentos e documentos solicitados pelo Pelotão Ambiental da Brigada Militar.

Deixe seu comentário