Quase! Alunos da escola do interior de Maratá já desfrutam do espaço fechado. FOTO: Prefeitura de Maratá

Espaço ainda vai receber investimento de R$ 50 mil para aberturas

A espera pelo fechamento do Ginásio de Esportes da Escola Augusto Ambrósio Rücker, de São Pedro do Maratá, acabou. O local já conta com paredes de blocos de concreto erguidas e a chuva já não atrapalha os momentos de lazer e aulas de educação física. Ainda serão investidos mais R$ 50 mil no ginásio, que contará com janelas, portão e piso nas laterais da quadra.

Conforme a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, a obra iniciou em agosto e segue para sua conclusão. “A comunidade escolar esperava pelo fechamento do ginásio desde sua inauguração, há 17 anos”, afirma a diretora da escola, Caren Heck. Segundo a diretora, as melhorias contribuem porque agora, no turno complementar, as crianças precisam de espaço para as atividades externas à sala de aula, como oficinas e momentos recreativos.

No ano passado, o Círculo de Pais e Mestres (CPM) promoveu a campanha Tijolinhos. A ação visou arrecadar valores para a aquisição de tijolos, areia e cimento para iniciar a construção das paredes. Em contrapartida, a Administração Municipal contribuiu com a mão de obra. Porém, as demandas da Secretaria de Obras aumentaram e a obra foi prejudicada, resultando em um pedido de apoio parlamentar.

A partir disso, o Executivo se engajou na busca por parceria para a conclusão do fechamento da quadra. Após visitar a comunidade, o deputado federal Carlos Gomes destinou emenda de R$ 100 mil para terminar da obra. O prefeito de Maratá, Fernando Schrammel, reforça que o compromisso da Prefeitura é buscar qualidade no ensino, bem como melhorar a infraestrutura das escolas e comunidades.

Deixe seu comentário