Residência ficou completamente destruída pelo incêndio na quarta-feira

Após perder sua casa e quase todos os seus pertences, a cuidadora Maria Gorete Neis, 54 anos, conta com o apoio da comunidade marataense para se reerguer. Sua residência, localizada em São Pedro do Maratá, foi totalmente consumida pelo fogo no final da tarde de quarta-feira. Quem quiser ajudá-la pode entrar em contato diretamente com a família dela pelo telefone 9 9688-2471, com Laerte, ou com a Secretaria de Habitação e Assistência Social, pelo telefone 9 9694-0340, com a titular da pasta, Gládis Teresinha Stein.

Segundo Gládis, a principal mobilização é na busca por mobília, já que roupas, colchão e cobertores o município já possui para doar. O filho de Maria, Laerte, destaca que toda a ajuda é bem-vinda e que o desejo da mãe é reconstruir a casa. No momento, ela continuará ficando na casa da senhora que cuida durante a semana e passará os finais de semana com o filho mais novo.

Irmão de Laerte, Lucas Neis, 28 anos, mora ao lado da casa da mãe e acha que um curto circuito pode ter causado o incêndio. Companheira de Lucas, Ana Cristina Ritter Kleinschmitt, 32, diz que tudo foi muito rápido. “Eu ouvi um estralo e desconfiei que poderiam ser as éguas no pátio, mas não vi nada nos fundos. Meia hora depois, deu uma barulho maior e ficamos sem luz”, relata. Foi aí que eles perceberam o incêndio.

Para apagar as chamas, vizinhos usaram tratores com tanques de água. O Corpo de Bombeiro, de Montenegro foi acionado, mas chegou somente após a situação ter sido controlada. A residência do filho de Gorete também sofreu avarias. (ARH)

Deixe seu comentário