Identificado com o estilo sertanejo, o jovem Cleiton já cria suas próprias canções. FOTO: Arquivo Pessoal

Cleiton Marques disputa a final do Festival Popular da Canção, em Teutônia

Cleiton Luiz Marques Riffel começou a descobrir seu amor pela música há quatro anos. O estudante de 17 anos iniciou sua vida musical nas aulas de violão oferecidas pela Prefeitura e, logo após, começou a participar do Coral Além das Vozes. “Foi aí que a paixão pelo canto despertou em mim”, revela. Apesar desse recente despertar, ele já mostra talento e estará nesta sexta-feira, dia 26, na final do 1º Festival Popular da Canção, em Teutônia.

O jovem brochiense disputará o título de campeão da categoria Livre do festival, organizado pelo Grupo Popular de Comunicação, ao lado de outros seis candidatos. Ele chegou à finalíssima após passar pela seleção inicial feita através de vídeo e de cantar “Amanheceu, peguei a viola”, de Renato Teixeira, na etapa semifinal. Além de Cleiton, Brochier também esteve representado no concurso por Larissa Vieira de Vargas, na categoria Livre, e por Eduarda Bergmann Haupenthal, na categoria Juvenil. Ambas foram eliminas na fase semifinal do festival.

Na final, Cleiton irá interpretar “Anunciação”, de Alceu Valença. “Estou me sentindo confiante, pois sei que só chegar na final já foi uma grande vitória. Agora, independente do resultado, ficarei feliz”, garante. Ele recorda que sua presença em eventos semelhantes se resume ao The Voice Brochier, organizado pela Prefeitura para incentivar os talentos locais.

Motivado a participar do 1º Festival Popular da Canção por sua paixão pela música e pelo canto, Cleiton entende que esse amor pode se tornar numa carreira. “Todas as vezes em que me apresento, vendo o sorriso das pessoas ouvindo minhas músicas autorais ou lembrando músicas de suas infâncias e cantando sempre com muito amor, vejo que isso pode ser um futuro profissional”, declara. O jovem brochiense já faz apresentações em bares e festas particulares. O cantor gosta de muitos estilos musicais, mas se identifica mais com o sertanejo.

Deixe seu comentário