Família Silva trabalhava na manhã de quinta-feira na montagem do piquete que receberá laçadores de Muda Boi

Diversas provas de laço, gineteada e apresentações artísticas são atrações do tradicional evento que ocorre dias 12, 13 e 14

Faltam sete dias para o XI Rodeio Crioulo de Brochier, que acontece nos dias 12, 13 e 14, mas a movimentação já é grande no Parque Municipal da Expofesta. O parque de diversões – que já funcionará neste final de semana – já está montado e devidamente regularizado, alguns tradicionalistas já estão organizando as cabanas onde ficarão acampados e a organização prepara-se para uma semana ainda mais trabalhosa para finalizar os detalhes até o início da grande festa, marcado para as 8h30min de sexta-feira, dia 12, com provas de laço individual.

“É muito ‘correrio’ (nos últimos dias antes da festa). Os lonões serão instalados durante a semana (que vem)”, destaca o patrão do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Rincão dos Brochier, Paulo Cleomar Dahmer. Ele salienta que, mesmo faltando alguns dias para a festa, muitos grupos que irão acampar já trabalham na construção de seus piquetes. É o caso da família Silva.

Provas de laço iniciarão já na manhã do primeiro dia de evento

Aproveitando suas férias, Luis Carlos da Silva, 49 anos, montava na manhã desta quinta-feira, dia 4, o piquete que será ocupado por um grupo de laçadores de Muda Boi, interior de Montenegro. Ele contava com a ajuda da esposa Marelise Schitzhaus da Silva, 43, e um filho. “Viemos desde as primeiras edições, o ‘barraco’ está sempre cheio. É uma festa para encontrar amigos”, garante.

A expectativa de Luis Carlos é de que o grupo chegue para acampar na quinta-feira e fique até o final da festa lá. “Eu adoro vir. A gente se diverte, aproveita e conversa com todo mundo”, destaca Marelise. Ela salienta que a família costuma participar de outros rodeios da região.

Conforme Paulo, a expectativa para a 11ª edição do rodeio é grande. O patrão afirma que a procura tem sido grande por parte de laçadores e que sua expectativa é de ter mais de 150 equipes participando das provas. Inclusive, isso fará com que as provas iniciem já na manhã de sexta-feira. “Tem gente de Santa Catarina que virá, além de equipes de toda a região”, destaca. Paulo reforça que a tradição de grade premiação será mantida, com mais de R$ 35 mil em prêmios para os participantes das provas de laço.

Patrão do CTG Rincão dos Brochier espera mais de 150 equipes de laçadores

Responsável pelo setor de acampamento, Marco Rasche diz que 80 espaços foram demarcados para equipes de laço e cerca de outros 100 foram vendidos para demais pessoas. “Como a área de camping são oito hectares, temos bastante espaço disponível, mas o melhor é se os interessados virem marcar o acampamento”, afirma.

Interessados podem entrar em contato com Marco pelo número 9 9813-7594. O espaço para equipes de laçadores é gratuito, demais pessoas pagam R$ 70,00 e recebem dois adesivos que dão acesso de carro ao camping. Reservas podem ser feitas até os dias do rodeio.

Além das provas de laço, o rodeio crioulo terá show de gineteadas, exposição de indústria e comércio, parque de diversões, apresentações artísticas de invernadas e shows com bandas da região e também de expressão estadual como Brilha Som e Tchê Garotos.

O ingresso custa R$ 10,00 por dia, com entrada franca para portadores do Cartão Tradicionalista atualizado. Há ainda a venda de números por R$ 20,00 válidos como ingresso antecipado que garante entrada nos três dias de fez e dá ao direito de concorrer a uma moto, R$ 1.500, R$ 1.000 e R$ 500,00.

Programação
Sexta-feira, dia 12
8h30min – Laço individual, na Cancha de Laço
13h – Laço Senhor (50 a 59 anos) e, na sequência, laço Veterano (60 a 69 anos), laço Vaqueano (a partir de 70 anos), laço Patrão, laço Capataz e laço Dupla Irmãos, na Cancha de Laço
15h – Laço Taça Cidade Comauto de Duplas, na Cancha de Laço
23h – Baile com a banda Brilha Som, na Concha Acústica

Sábado, dia 13
8h – Laço Pai e Filho e, na sequência, laço Pai e Filha, laço Piá, laço Guri e Dupla do Rodeio, na Cancha de Laço
13h – Duelo de Prendas Eko’7 e, na sequência, laço Equipe e continuação da Dupla do Rodeio, na Cancha de Laço
14h – Início das apresentações artísticas, na Concha Acústica
17h – Fandango com Grupo Timbre Gaúcho, na Concha Acústica
20h – Show de gineteadas, na Cancha de Laço
21h30min – Show com Tchê Garotos
23h50mi – Baile com Dani & Tomás e banda Longa Metragem

Domingo, dia 14
7h30min – Duas voltas de mata-mata de 50 em 50 na Dupla do Rodeio, na Cancha de Laço
10h – Duas voltas no laço Equipe de 10 em 10, na Cancha de Laço
11h – Baile com Cleiton Marques e banda, na Concha Acústica
13h30min – Show de gineteadas, na Cancha de Laço
14h – Laço Vaca Parada e, na sequência, final do Duelo de Prendas Eko’7, final do laço Equipe e final da Dupla do Rodeio, na Cancha de Laço
14h – Baile com Banda Amazônica, na Concha Acústica
17h – Show com Machado e Marcelo do Tchê, na Concha Acústica
19h20min – Baile com Banda 10, na Concha Acústica

Pontos de venda do ingresso antecipado
Brochier: Stymulus Moda, Bar do Teti, Pangas Bar e Floricultura da Lena
Maratá: Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Maratá, Agropecuária Maratá e Farmácia Maratá
Montenegro: Beneton, Pilger Rações e Pilger Pet Shop

Deixe seu comentário