Clauro salienta poupança feita pelo Executivo para conseguir realizar melhorias na cidade

Balanço. Chefe do Executivo aposta ainda em trabalho conjunto com o Legislativo para conseguir verba por emendas

Apesar de eleito em 2016 pela primeira vez para um cargo eletivo, o prefeito de Brochier Clauro Josir de Carvalho chega na metade de seu mandato com bastante experiência acumulada e o desejo de ver a Capital do Carvão Vegetal crescer. O chefe do Executivo aposta na economia e otimização de recursos e na parceria com o Legislativo para levar adiante as melhorias e mudanças que pretende implementar no Município.

“Para mim, como prefeito, foi uma experiência nova. Está sendo nova. A cada dia tu tens desafios e problemas para resolver porque estamos aqui tentando ajudar a população”, comenta Clauro. No entanto, ele vê semelhanças entre gerir um Município e uma empresa que permitiram o prefeito utilizar de seu conhecimento como empreendedor para dar novo rumo a Brochier. “A Prefeitura não é nada diferente de uma empresa, então tu tem que manter o financeiro em dia”, afirma.

Para alcançar seu objetivo, a gestão de Clauro promoveu também um minucioso estudo em cada secretaria para ver o que necessitava ser melhorado e o que de bom poderia ser mantido. Como exemplo, o prefeito cita o caso da secretaria de Obras, Serviços Viários e Trânsito onde máquinas foram consertadas, outros equipamentos foram leiloados e novos veículos foram adquiridos. “No começo do governo, saímos com a primeira patrola realmente para arrumar nossas estradas, que são mais de 300 quilômetros de estradas, só em fevereiro (de 2017)”, recorda. Depois, foi imposto um padrão de conservação das vias interioranas que vem sendo mantido.

A poupança gerada permitiu que o Executivo investisse com recursos próprios na revitalização e iluminação da Praça Municipal Willimar Fetzner e no Calçadão Tereza Dapper. Juntas, essas obras custaram aproximadamente R$ 370 mil. Clauro destaca ainda melhorias feitas com recursos da Prefeitura na cancha de laço e arredores do Parque Municipal da Expofesta e a recuperação de pontes e pontilhões pelo interior.

Além disso, observa Clauro, a gestão iniciada em 2017 finalizou a obra da nova sede da Escola Municipal de Ensino Fundamental Emílio Bauer, em Linha Pinheiro Machado, que deve ser inaugurada nos primeiros meses desse ano e que foi iniciada pela administração anterior, e promoveu o cercamento da mesma. Uma obra de cercamento também está sendo realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental Leonar Ricardo Bauer, no Centro.

Porém, o avanço mais significativo até o momento na Educação foi a construção de três novas salas de aula na Escola Municipal de Ensino Fundamental Sapatinho de Cristal. A obra só foi possível através de parceria com o Câmara de Vereadores, que destinou R$ 294.615,00 para a ampliação. Conforme Clauro, o Executivo investiu aproximadamente R$ 65 mil para equipar as salas e, agora, inicia a cobertura do pátio interno da creche, num investimento avaliado em cerca de R$ 185 mil. Além disso, segundo o prefeito, a obra permitiu que a lista de espera por vagas na creche fosse zerada.

Conclusão da Transcitrus nos planos nos próximos dois anos
Entre as metas de Clauro para os próximos dois anos está a conclusão das obras da rodovia Transcitrus em Brochier. “Tenho até os projetos em mãos”, garante. Segundo o prefeito, faltam serem asfaltados pouco mais de dois quilômetros da rodovia entre Linha Pinheiro Machado e Novo Paris e outro 1,5 quilômetro de Novo Paris até a divisa com Poço das Antas. “A gente vai trabalhar nestes dois anos para ver ao menos se conseguimos (completar) uma parte desse trecho ou, se possível, contemplar o total dela”, assegura. Inclusive, de acordo com Clauro, uma ida em conjunto a Brasília dos prefeitos das cidades que fazem parte da rodovia está sendo programada.

Ampliação do posto de saúde do Centro é uma obra que já está sendo executada.

Nos dois anos que já se passaram do seu mandato, Clauro e sua equipe conseguiram recursos através de emendas parlamentares para realizarem obras na rodovia que liga o Vale do Caí com o Vale do Taquari que somam quase R$ 3 milhões. Foram feitos avanços em Linha Pinheiro Machado no sentido de Maratá e também Novo Paris e foi licitada uma obra de pavimentação no sentido de Linha Pinheiro Machado a Brochier.

Além da conclusão da Transcitrus, o prefeito salienta que emendas garantirão o asfaltamento de algumas ruas do Centro do Município. Clauro revela ainda que o Executivo está buscando um financiamento de R$ 3 milhões junto à Caixa Econômica Federal para a pavimentação de ruas da zona urbana e também do perímetro rural.

O chefe do Executivo planeja outras grandes obras até o final do seu mandato. Uma delas é a ampliação do posto de saúde do Centro, que já teve início. Há ainda a garantia de R$ 500 mil de uma emenda para realizar a cobertura da quadra esportiva da Escola Estadual de Ensino Médio Erni Oscar Fauth, demanda antiga da comunidade e que depende de um convênio com o Estado para seguir adiante. Clauro salienta ainda a continuidade das obras de saneamento possíveis através da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e que iniciaram no governo de Romeo Bauer.

“O Município tinha que ter mais autonomia do imposto”
Os dois anos como prefeito de Brochier fizeram com que Clauro tomasse mais conhecimento do “jogo político” existente e com o qual, ele esclarece, não concorda. “(Tu) Tem que entrar nesse jogo para conseguir a verba para o teu Município, para poder fazer as obras que tem que fazer, comprar as máquinas que tem que comprar”, observa. Para ele, isso se dá porque os Municípios dependem da liberação de recursos por meio de emendas para conseguirem efetuar grandes obras.

Prefeito trabalha para tirar do papel antigo sonho e completar a Transcitrus

Por isso, Clauro defende aos Municípios um maior retorno dos impostos que são colhidos. “O Município tinha que ter mais autonomia do imposto que é arrecadado, hoje nós não temos essa autonomia”, comenta. “Tu manda (dinheiro dos impostos) pra fora e tu fica torcendo que aquilo retorne e, muitas vezes, tem que correr atrás de emendas. Essas emendas nada mais são do que o dinheiro que mandamos lá para cima (Brasília)”, analisa.

O prefeito salienta que a troca de governos na União e no Estado pode trazer mudanças, bem como a entrada de novos deputados estaduais, deputados federais e senadores. Por isso, ele aposta na manutenção do trabalho em conjunto entre Legislativo e Executivo para conseguir verbas por emendas.

Deixe seu comentário