Na Praça Miguel Arraes, a exposição de tratores marcou o evento

Modelos, antigos, sofisticados, clássicos, pequenos, médios e grandes. A quantidade de detalhes dos veículos chamou atenção no Encontro de Tratores de Pareci Novo, que contou com a participação de aproximadamente 150 máquinas. Na sua 2º edição, realizada neste domingo, 2, o evento buscou valorizar a agricultura e oportunizar um momento de confraternização entre o campo e cidade.

Promovido pela Prefeitura, a programação teve início às 9h, com um desfile das máquinas agrícolas partindo do Posto Barth em direção a Praça Municipal Miguel Arraes, onde os tratores ficaram expostos. O secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município e idealizador do encontro, Fábio Schneiders, conta que sempre teve vontade de fazer algo nesse sentido, mas foi com o apoio de diversos parceiros que a ideia saiu do papel.
“Esse era desejo antigo, mas foi graças à força de vontade de várias entidades que conseguimos chegar em nossa segunda edição e já estamos pensando nas próximas”, revelou o secretário. “O intuito do evento é valorizar o trabalho do homem e da mulher do campo e fazer com que eles sintam orgulho de um trabalho fundamental para todos, ainda, proporcionar um momento de confraternização”.

Comparado à primeira edição, neste ano o número expressivo de participantes surpreendeu. Para o prefeito de Pareci Novo, Oregino José Francisco, o crescimento do evento mostra o protagonismo que a agricultura possui no município e região. “A agricultura tem um potencial muito grande e hoje estamos tendo um exemplo disso”, acrescentou o prefeito, que ainda prevê melhorias e ampliações para as próximas edições.

Entre os participantes, estava a agricultora Francielen Alflen, uma das poucas mulheres presentes no desfile. Para tentar representar a força das trabalhadoras camponesas, no reboque da máquina que pilotava, levou mais duas amigas e seus os filhos. “No campo, trabalhamos igualmente com os nossos parceiros, mas como temos que realizar diversas tarefas simultâneas, muitas delas não puderam participar”, disse Francielen. “Esse ano eu trouxe duas, mas no que depender de mim terá mais nas próximas edições”, completou.

Além da exposição de tratores, o evento contou com a presença de estandes da agricultura familiar, artesanato, venda de flores, chopp, praça de alimentação e apresentação da Banda Modello, que animou o público.

Deixe seu comentário