Foto: Reprodução G1

Os incêndios que atingem o estado de Queensland, no nordeste da Austrália, obrigaram as autoridades a ordenar na última quarta-feira, 28, que cerca de 8 mil moradores da região de Gracemere deixem suas casas.

As elevadas temperaturas provocaram 138 incêndios, que estão sem controle há vários dias no estado, segundo a agência Efe. Os bombeiros declararam área de catástrofe em Capricornia, Central Highlands e Coaldfield.

Um incêndio florestal perto da cidade de Gracemere preocupam as equipes de combate às chamas. A primeira-ministra de Queensland, Annastacia Palaszczuk, anunciou que moradores da região que vai desde Stanwell até Gracemere devem deixar suas residências.

Gracemere é uma cidade de pouco mais de 11 mil habitantes situada 515 km ao noroeste de Brisbane, capital de estado. Em seus 150 anos de história, essa é a primeira vez que a cidade enfrenta uma ordem de esvaziamento forçado, segundo o jornal “The Courier Mail”.

Um incêndio que atinge o parque nacional de Deepwater, 375 km ao norte de Brisbane, também preocupam os bombeiros. Desde o fim de semana destruiu mais de 20.000 hectares.

Deixe seu comentário