A União Estadual do Estudantes do Rio Grande do Sul (UEE-RS) afastou o presidente Fábio Vieira Kucera e a secretaria geral Ana Lúcia da Silva Velho, por suspeitas do uso indevido dos valores arrecadados da entidade para despesas particulares.

Devido às denúncias e ação judicial movida pela Tesoureira da UEE/RS, Silvia Almeida, a juíza acolheu o pedido de afastamento da dupla. O presidente invadiu a sede da UEE-RS, no Mercado Público, retirando diversos documentos, carteiras prontas, móveis, computadores e notebooks de forma arbitraria. Além disso, o site da entidade foi retirado do ar, de mesmo modo, impedindo que os seus colaboradores exercessem as suas devidas funções e os estudantes de terem seus direitos.

Em comunicado na página oficial da UEE-RS em uma rede social “já estamos tomando as medidas cabíveis para destituir outras que estejam se passando por nós de forma ILEGAL aplicando golpes nos estudantes passando informes inverídica” disseram.

Sobre a situação atual “Chega! vivemos em tempos difíceis, onde a falta de credibilidade está presente em todas as lacunas da atual conjuntura nacional, estadual e municipal, em órgãos públicos e privados. Em que a sociedade cada vez mais passa por dificuldades e a classe estudantil, que deveria ter o seu suporte alicerçado, agora está abalada pelo escândalo que atinge milhares de estudantes de todo estado do Rio Grande do Sul.” completa.

Deixe seu comentário