Fundadores e ex-presidentes prestigiaram coquetel de comemoração dos 25 anos da ADI RS nesta semana Fotos Daniel Heck/Folha do Mate

Evento voltado para a capacitação de dirigentes e profissionais dos veículos associados foi no Plaza São Rafael

Esta semana, em Porto Alegre, o futuro e os desafios dos jornais foram as pautas de um seminário realizado pelo Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas no Estado do Rio Grande do Sul e Associação dos Diários do Interior do Rio Grande do Sul (ADI/RS). O evento, voltado para a capacitação de dirigentes e profissionais dos veículos associados, ocorreu no Hotel Plaza São Rafael.
Dois palestrantes, com larga experiência, inclusive internacional, compartilharam a realidade do mercado da comunicação, os caminhos para a sobrevivência do meio impresso e as ferramentas digitais para o jornalismo de qualidade e com engajamento de audiência.
O jornalista Eduardo Tessler, que há 15 anos se dedica à consultoria para empresas de comunicação e já liderou trabalhos em redações de importantes jornais no Brasil e no mundo, e o consultor de empresas de comunicação e expert em transformação digital, Chus Del Rio, da Espanha, destacaram a importância dos veículos conhecerem a própria audiência para oferecerem conteúdo com qualidade e relevância. “É preciso um estudo de audiência. O segredo é sermos relevantes para a comunidade”, salientou Tessler. Para Del Rio, uma das vantagens da internet é a possibilidade de acessar dados, conhecer os usuários, saber a idade e o que mais estão lendo, comentando e curtindo.
Diante de uma nova era da comunicação, a digital, Tessler defendeu a necessidade dos jornais se reinventarem e se recolocarem no mercado como produtores de conteúdo. “Não somos empacotadores de notícia em papel. O papel é uma das formas de levar a informação.”
Os dois palestrantes sugeriram que as empresas estejam presentes na comunidade e atuem de forma participativa com a audiência. “Os jornais precisam assumir causas e serem úteis para as pessoas”, frisou Tessler. “Temos que nos colocar na pele da nossa audiência”, completou Del Rio.
Durante o seminário, Tessler e Del Rio mostraram exemplos de empresas de comunicação que estão conseguindo ampliar o engajamento, o número de assinantes e usuários e, até de faturamento, através da criação de novos produtos, tanto impressos quanto digitais. Além disso, atuam na promoção de eventos, shows e capacitações, sendo aliados e parceiros de iniciativas na região de abrangência.
Sobre a notícia, independente da plataforma, eles defendem uma produção hiperlocal, de prestação de serviços e informação antecipada para orientar os leitores. “Não podemos continuar fazendo jornal com notícia de ontem”, observou Tessler.

Brinde aos 25 anos da Associação dos Diários
Um importante momento da noite foi reservado para a comemoração dos 25 anos da Associação dos Diários do Interior do Estado do Rio Grande do Sul (ADI/RS). O coquetel reuniu dirigentes dos jornais associados, fundadores da entidade, ex-presidentes e convidados, no Hotel Plaza São Rafael.
Durante pronunciamento, o presidente da ADI/RS e diretor de Conteúdo da Folha do Mate, de Venâncio Aires, Sergio Klafke, lembrou da trajetória da associação, criada com o propósito de reunir os principais diários do interior, visando o fortalecimento da mídia impressa regional. Destacou ainda o pioneirismo dos fundadores e a relevância da entidade, que atualmente congrega 19 jornais diários associados.
Presidente da ADI Brasil, Gedaías Pereira Belga, destacou a força da associação e assegurou que “a força dos jornais impressos está nas regiões.”
Outras figuras públicas, como o representante do governador José Ivo Sartori e secretário de Estado da Comunicação, Cleber Benvegnu, também discursaram na ocasião, ressaltando a importância dos diários nas comunidades.

Os fundadores da ADI/RS
sAndré Luís Jungblut, Gazeta do Sul, de Santa Cruz do Sul
sEládio Dios Vieira da Cunha, do Jornal do Povo, de Cachoeira do Sul
sMúcio de Castro Filho, O Nacional, de Passo Fundo
sOswaldo Carlos Van Leeuwen, O Informativo do Vale, de Lajeado
sRégis Conte, O Pioneiro, de Caxias do Sul

Deixe seu comentário