O calendário de matrículas para a Rede Estadual de Ensino já está aberto e inicia de forma online. Foto: arquivo Jornal Ibiá

ONLINE. Primeira parte do processo é feita com cadastro pelo site da Secretaria de Educação do RS

Está aberto desde ontem, segunda-feira, 28, o calendário de matrículas da Rede Estadual de Ensino para 2020. Como ocorre anualmente, as rematrículas serão realizadas de forma automática pelo Sistema de Gestão da Secretaria da Educação (Seduc) para alunos com 75% ou mais de frequência em sala de aula.

Para estudantes com índice inferior a esse, será necessária a presença de pais e responsáveis na escola, caso o estudante seja menor de idade, para a realização do procedimento de forma presencial.

Pela primeira vez, os alunos maiores de idade que tiveram suas matrículas canceladas por infrequência em 2019 serão considerados alunos novos em 2020, realizando os procedimentos conforme datas propostas na Portaria de Matrículas que atende ingresso e transferências.

Mais detalhes podem ser obtidos nas Coordenadorias Regionais de Educação, nas Centrais de Vagas do interior e na Central de Vagas de Porto Alegre, ou, ainda, através do telefone (51) 3288-4888.

Saiba mais
Ingresso
O processo será realizado online pelo site www.educacao.rs.gov.br. Quem deseja ingressar no 1º ano do Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio, Ensino Médio Curso Normal, Aproveitamento de Estudos do Curso Normal e Educação Profissional, deve ficar atento ao prazo de 1º a 24 de novembro.
Transferências

Para as transferências de alunos do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 2º e 3º anos do Ensino Médio, deverão ser realizadas pelo site de 6 a 17 de janeiro de 2020. No caso da Educação para Jovens e Adultos, as inscrições e transferências, pela primeira vez, serão realizadas pelo site, de 6 a 22 de janeiro de 2020.

Inscrições e transferências online somente serão efetivadas com a matrícula presencial nas escolas, e mediante a entrega dos documentos: certidão de nascimento do aluno e comprovante de escolaridade; comprovante de residência do responsável. Para alunos do 1º Ano do Ensino Fundamental: Cartão Nacional de Saúde, do número de identificação social e atestado de vacinação.

Deixe seu comentário