Concluído o curso, a pontuação por infrações de trânsito é retirada do prontuário do condutor, evitando a suspensão da CNH. Foto: Reprodução internet

Para não terem a atividade profissional prejudicada, motoristas gaúchos que exercem atividade remunerada com o veículo poderão passar por uma reciclagem preventiva, para evitar ter a carteira suspensa. O Detran-RS irá oferecer essa opção, que poderá ser feita pelo condutor que somar entre 14 e 19 pontos em infrações.

Em breve, o DetranRS vai publicar portaria com o regramento e o prazo para implantação. A alternativa somente poderá ser utilizada para condutores das categorias C (veículos de carga), D (veículos de transporte de passageiros) e E (veículo conjugado) que tenham a inscrição “exerce atividade remunerada” no verso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Com a conclusão do curso de reciclagem preventiva, a pontuação por infrações de trânsito é retirada, evitando o processo de suspensão do direito de dirigir. Apenas se somar outros 20 pontos nos 12 meses seguintes é que terá a CNH suspensa.

Deixe seu comentário