O Governo do Estado protocolou nesta semana, na Assembleia Legislativa, a proposta de reajuste anual do piso salarial regional de 2017. Depois de várias reuniões entre comissão do governo e representantes de organizações sindicais e empresariais, foi definido o índice de correção de 6,48%.

O percentual é o mesmo usado no reajuste do mínimo nacional. Pela proposta encaminhada, o piso regional fica entre R$ 1.175,15 e R$ 1.489,24, incluindo cinco faixas salariais. Os valores abrangem as categorias de trabalhadores que não têm convenções ou acordos coletivos e aqueles que atuam na informalidade. Em torno de 1 milhão de trabalhadores no Rio Grande do Sul, tanto em empregos formais quanto informais, são beneficiados pelo reajuste. Todas as categorias profissionais permanecem nas mesmas faixas nas quais já estavam inseridas.

Compartilhar

Deixe seu comentário