Presidente da Assembleia fez a cobrança ao receber o projeto da LOA 2020. FOTO: AL/DIVULGAÇÃo

Ao receber o projeto da Lei Orçamentária Anual para 2020, o presidente da Assembleia Legislativa, Luis Augusto Lara, cobrou do governo do Estado o pagamento em dia dos salários dos servidores. A declaração foi junto ao governador em exercício, Ranolfo Vieira Júnior, ao Chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, e à Secretária do Planejamento, Leanny Lemos, que estiveram na presidência da AL entregando a proposta nesta quarta-feira, 11.
“Todo o recurso da venda das ações do Banrisul deve ser para quitar o passivo, o débito que se tem com a folha de pagamento dos servidores estaduais. Isso puxa o nosso Estado pra baixo, isso tem feito com que o Estado viva eternamente numa depressão. Quitar, zerar a folha de pagamento, acertar as contas com o funcionalismo é o primeiro grande passo para mostrar que nós estamos girando a roda”.

O presidente da Assembleia defendeu ainda que ao final do ano que vem (2020), o governo não peça para votar a continuidade das alíquotas aumentadas de ICMS. “Não daremos continuidade ao aumento das alíquotas da energia elétrica e combustíveis, para desonerar o preço final para o consumidor”. Sobre a venda de ações do banco, o governador em exercício afirmou que não poderia se manifestar, até mesmo pela disputa judicial em torno da venda das ações.

Deixe seu comentário