Fundo de Garantia. Caixa Econômica Federal deve liberar hoje o calendário para os saques do benefício

A partir de março, mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito a retirar o dinheiro de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A expectativa é de que a Caixa Econômica Federal divulgue o calendário de saques ainda hoje.

Todos os trabalhadores com contas inativas até 31 de dezembro de 2015 poderão sacar os valores do FGTS. Até agora, só tinha esse direito quem estivesse desempregado por no mínimo três anos ininterruptos.

O Ministério do Trabalho divulgou que 18,6 milhões de contas enquadram-se neste critério. Juntas, elas somam mais de R$ 34 bilhões, que devem ser sacados pelos trabalhadores. De acordo com o Governo, mais da metade das contas têm sado de até R$ 500 e menos de 20% delas têm acima de R$ 1.500.

Desde o anúncio da MP, o aplicativo da Caixa que permite ao trabalhador conferir pelo celular se tem contas inativas do fundo de garantia já foi baixado mais de 2,7 milhões de vezes.

“No dia seguinte ao anúncio do governo federal, o volume de acessos em busca de informações subiu 10 vezes”, afirma o gerente nacional de FGTS da Caixa Econômica, Henrique José Santana. “Temos observado que as consultas aos nossos canais se mantêm uma vez e meia maior, desde então”, completa.

Outro canal eletrônico lançado em 2016 é o SMS FGTS. O serviço envia uma mensagem de texto no celular sempre que há movimentação no Fundo.

Isso vale para depósito mensal feito pelo empregador, saldo atualizado com juros e correção monetária ou liberação de saque. No ano passado, segundo a Caixa, 37 milhões de trabalhadores, em média, receberam depósitos todos os meses.

Uma das vantagens do SMS, ressalta Santana, é que, caso haja alguma ocorrência na conta vinculada, o trabalhador poderá procurar a empresa e solicitar a imediata regularização, ao invés de deixar isso para o momento em que for sacar.

O trabalhador cadastrado no SMS FGTS também poderá receber informações sobre o saldo de suas contas inativas e orientações sobre os procedimentos para o saque do dinheiro.

Não é possível consultar o saldo pelo telefone. No entanto, o número 0800 726 0207 está disponívels para aderir ao SMS FGTS.

Tire suas dúvidas sobre o benefício
1. Quem pode sacar o benefício?
Trabalhadores que tenham uma conta inativa do FGTS, encerrada até 31 de dezembro de 2015. A conta fica inativa quando não há mais depósitos devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. Não pode ser sacado o dinheiro de uma conta ativa, ou seja, que ainda recebe depósitos do empregador atual.

2. Quem está empregado pode retirar o dinheiro?
Sim. O valor pode ser sacado de contas inativas até o dia 31 de dezembro de 2015, portanto, quem está empregado pode retirar o FGTS de contas relativas a empregos anteriores, cujo benefício ainda não foi retirado.

3. Tenho várias contas inativas. De quais eu posso sacar?
De todas. Não há valor máximo ou limite no número de contas a sacar. A única exigência é que a conta tenha sido inativa até o último dia de 2015 e haja saldo na mesma.

4. Quem pediu demissão ou foi demitido por justa causa também vai poder fazer o saque das contas inativas?
Sim. Desde que esse desligamento tenha acontecido até o dia 31 de dezembro de 2015.

5. Como consultar meu saldo?
Pelo site da Caixa (http://www.caixa.gov.br) ou do FGTS (http://www.fgts.gov.br), e através de aplicativo para smartphones e tablets (com versão para Android, iOS e Windows). É possível ainda fazer um cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por e-mail. A única dica é utilizar somente os meios oficiais para consultar seu saldo. Outros sites que ofereçam este serviço podem conter vírus ou capturar os dados para cometer fraudes. A Caixa ressalta que todas as informações oficiais sobre o FGTS estão disponíveis no site www.caixa.gov.br e nos perfis do banco @imprensaCAIXA e @CAIXA. A consulta ao saldo de contas inativas do FGTS pode ser realizada somente nos seguintes canais:

6. Já posso realizar o saque?
O dinheiro estará disponível a partir de março e seguirá um calendário que será divulgado ainda hoje pela Caixa Econômica Federal. O calendário deve seguir a ordem do mês de aniversário do trabalhador e os recursos poderão ser sacados até julho, segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.

7. Há limite para o saque?
Não. Se desejar, é possível retirar todo o dinheiro da conta inativa. Com o Cartão Cidadão, é possível sacar até R$ 3.000,00 no caixa automático, correspondentes bancários ou nas lotéricas. Valores superiores podem ser sacados na agência da Caixa, quando for liberado.

8. Pode sacar sem Cartão Cidadão?
Os trabalhadores que não possuem Cartão Cidadão ou que possuem o cartão, mas irão sacar valor superior a R$ 3.000,00, poderão retirar o FGTS em qualquer agência da Caixa, com documentos pessoais, CTPS e o nº do PIS (dados na Carteira de Trabalho).

9. Vale a pena sacar o FGTS inativo?
A liberação do FGTS foi uma medida do governo em liberar o Fundo de Garantia foi uma medida para ajudar as pessoas a quitar suas dívidas, injetando dinheiro na economia nacional. Entretanto, mesmo que sua intenção não seja essa, vale a pena realizar o saque e investir em outras aplicações. O FGTS rende 3% ao ano mais a taxa referencial (TR). A poupança, por exemplo, rende 6,17% ao ano mais a TR.

10. Posso solicitar a antecipação do FGTS ao banco?
Alguns bancos estão oferecendo a opção de antecipar o saque do FGTS. Esse procedimento gera a cobrança de juros. O ideal é pedir essa antecipação somente se estiver realmente precisando do dinheiro para pagar uma despesa urgente ou dívidas com cheque especial e cartões de crédito, que têm juros mais altos. Caso contrário, vale a pena esperar a data estipulada de acordo com o seu aniversário.

Onde consultar o extrato?
Pela internet
É possível conferir o extrato no site do FGTS (http://www.fgts.gov.br). Para isso, é preciso ter cadastrada uma senha eletrônica, que pode ser criada em uma página da Caixa (http://www.caixa.gov.br).

Em uma agência da Caixa
O trabalhador pode consultar seu saldo e também solicitar uma senha para acesso online em uma agência da Caixa. Para isso, é preciso levar um documento de identificação (carteira de identidade, carteira de habilitação, carteira de trabalho ou certidão civil) e o número de inscrição PIS/Pasep/NIT.

Pelo celular
Há aplicativos do FGTS disponíveis para os sistemas Android e iOS (veja como baixar). Além de ser possível acessar o site via smartphone, o contribuinte pode optar por receber mensagens no celular com informações da conta do FGTS — assim, abre mão da correspondência recebida a cada dois meses com o extrato.

Por e-mail
O cidadão pode também optar por receber o extrato do FGTS pelo e-mail, informando a preferência no mesmo site em que consulta o extrato.

Deixe seu comentário