Ministro Marco Aurélio Mello e governador José Ivo Sartori. Foto: RS/Divulgação

O Ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou o pedido do governador José Ivo Sartori, de suspender os pagamentos da dívida do Estado com a União, em caráter liminar.

A solicitação do governador foi para que as prestações mensais não sejam cobradas. Em audiência com o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, Sartori solicitou que fosse considerada a grave situação das finanças gaúchas. O requerimento incluia também que, mesmo sem pagar as parcelas, o Rio Grande do Sul não tenha suas contas bloqueadas e não seja inscrito em cadastros de inadimplência, como Causc, Siaf, Cadin e Concov.

Deixe seu comentário